Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Governo

Zorrinho pede desculpa a Franquelim Alves

por João Pedro Henriques/Miguel Marujo  

Zorrinho pede desculpa a Franquelim Alves
Fotografia © Paulo Spranger/Global Imagens

"Se fui induzido em erro, lamento e peço desculpa", disse hoje ao DN Carlos Zorrinho, a propósito da informação por si divulgada de que Franquelim Alves estaria inibido pelo Banco de Portugal de exercer atividades no setor financeiro.

"A minha fonte é fiável. Mas não foi uma fonte primária, não perguntei ao Banco de Portugal. Não tenho nenhuma razão para achar que o dr. Franquelim Alves esteja a mentir. Se fui induzido em erro, lamento e peço desculpa", disse ao DN o líder parlamentar do PS.

Na quarta-feira à noite, na SIC-Notícias, Zorrinho disse que o novo secretário de Estado do Empreendedorismo, Franquelim Alves, "é uma das pessoas que o Banco de Portugal considerou não estar em condições de deter atividades na área financeira".

No dia seguinte, o secretário de Estado disse ao DN que "isso é totalmente falso".

O Banco de Portugal (BdP) também desmentiu a informação veiculada por Zorrinho. "O dr Franquelim Alves não desempenha, desde Novembro de 2008 [quando deixou a SLN], funções sujeitas a registo no Banco de Portugal", lê-se numa nota do gabinete de imprensa do BdP enviada ao DN.


Patrocínio
 
9066Visualizações
3Impressões
63Comentários
1Envio
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Demonstração de força do Podemos, em Espanha, significa que pode imitar vitória do Syriza?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper