Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Assembleia da República

"Os Verdes" questionam Governo sobre incêndio no Algarve

por Lusa, publicado por Francisco Mangas  

O Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) quer saber se o Governo já sabe que falhas de coordenação houve no incêndio que devastou o Algarve no mês passado e que mecanismos financeiros vão ser disponibilizados para fazer frente aos prejuízos.

Numa pergunta entregue na Assembleia da República e dirigida ao ministério da Administração Interna (MAI), que tutela a Proteção Civil, o grupo parlamentar do PEV refere que os incêndios florestais que deflagraram a 18 de julho nos concelhos de Tavira e São Brás de Alportel "constituíram um absoluto drama, que ameaçou vidas humanas e destruiu um património vastíssimo, em mais de 26 mil hectares ardidos".

O partido ecologista aponta a falta de prevenção como "uma falha recorrente" que torna "incompreensível e intolerável a suavidade com que os sucessivos Governos encaram aquela que deveria ser uma prioridade de intervenção" e questiona o executivo sobre a coordenação do dispositivo de combate colocado no terreno, que foi "o maior alguma vez disponibilizado".

O PEV sublinha que "as populações se queixaram imenso da falta de presença desse dispositivo de combate, encontrando-se muitas vezes sozinhas" a combater as chamas, e a eficácia da intervenção dos meios aéreos foi "desarmada" porque "não se encontravam, em locais cruciais, bombeiros no terreno para concluir o trabalho de estagnação" do incêndio.

"Vimos relatado na imprensa que um número muito considerável de bombeiros se manteve parado durante muito tempo, na medida em que, vindos de fora e sem conhecer a área, aguardavam ordens para poderem intervir. Ora, estes relatos e estas angústias, retratadas por quem viveu este drama, são absolutamente assustadoras e revelam descoordenações que se tornam incompreensíveis face à gravidade da situação", acrescentou o PEV.

O partido, que integra a coligação CDU com o PCP, recorda que "já foram prestadas declarações, pela própria proteção civil, a reconhecer que no Algarve houve claramente falhas no combate aos incêndios" e, por isso, questiona o MAI sobre se "houve ou não falhas no combate a estes incêndios".


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
832Visualizações
1 Impressão
3Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Coleção DN 150 anos - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN (Limpeza) (19-21Nov)



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a reposição das subvenções vitalícias dos políticos?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper