Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


"Público" e licenciatura

PGR: "casos Relvas" não justificam abertura de inquérito

por Lusa, texto publicado por Sofia Fonseca  

A Procuradoria-Geral da República informou hoje que não foram detetados ilícitos criminais no caso que envolveu Miguel Relvas e o jornal Público, nem no da licenciatura do ministro na Lusófona, sublinhando que não investiga questões "éticas ou políticas".

"A PGR não instaurou qualquer inquérito no que respeita aos chamados 'casos Miguel Relvas'. Só o fará se existirem indícios de ilícitos criminais. Como sempre se tem afirmado, designadamente em casos anteriores, a Procuradoria-Geral da República só investiga eventuais ilícitos criminais e não questões éticas ou políticas", indicou o gabinete de imprensa de Pinto Monteiro em resposta enviada à agência Lusa.

O caso da licenciatura

Segundo as notícias publicadas, Miguel Relvas terá entrado na Lusófona em 2006, quase dois anos depois de ter sido secretário de Estado da Administração Local, no Governo de Durão Barroso, tendo-lhe sido conferido o diploma em 2007, de acordo com o Processo de Bolonha.

O ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares já veio explicar que o processo de conclusão da sua licenciatura foi "encurtado por equivalências reconhecidas e homologadas pelo Conselho Científico da referida Universidade, em virtude da análise curricular a que precedeu previamente".

A Universidade Lusófona negou quarta-feira qualquer irregularidade, garantindo que Relvas obteve o seu grau académico, tal como centenas de outros alunos, desde a aplicação do Processo de Bolonha. O reitor da instituição, Mário Moutinho, disse à agência lusa que Miguel Relvas apresentou o dossiê com as suas habilitações, descrevendo o seu percurso profissional, e que o Conselho Científico da Lusófona o analisou e não teve dúvidas em conceder-lhe a licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais, em apenas um ano.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
3178Visualizações
4Impressões
85Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar
EntrepostoCRP SemanaCliente - DN 300x100
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

O PS devia dizer já como reestruturar a dívida?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper