Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Metro do Porto

PS acusa Governo de ser "comissão eleitoral" de Menezes

 

O presidente da distrital socialista e os responsáveis pelas concelhias de Porto e Gaia criticaram hoje, a "novela que parece não chegar ao fim" na Metro do Porto e exigiram explicações. Acusam Governo de se tornar numa "espécie de comissão eleitoral" de Luís Filipe Menezes.

José Luís Carneiro, presidente da federação distrital portuense do PS, reiterou o pedido de esclarecimento ao ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, sobre "a razão pela qual não cumpriu o acordo que estabeleceu com a Junta Metropolitana do Porto (JMP) e que explique se esse incumprimento da palavra dada em nome do Estado português se deve, como afirmou o [presidente da Câmara do Porto] Rui Rio, à pressão de interesses vindos de dentro do próprio Governo".

O presidente da concelhia do PS no Porto, Manuel Pizarro, disse, por seu lado, que são "percetíveis as especiais responsabilidades que a Câmara de Gaia e os seus autarcas tiveram em todo este processo", acrescentando que o vice-presidente gaiense, Firmino Pereira, "sabia que os representantes do Governo não seriam autorizados a tomar parte na assembleia-geral" da Metro do Porto, tal como veio a acontecer.

A assembleia-geral da Metro do Porto, agendada para sexta-feira com o objetivo de eleger os novos órgãos sociais, foi suspensa por 15 dias, devido à ausência do representante do Estado, mantendo-se Ricardo Fonseca na presidência do conselho de administração.

A situação verificou-se horas depois de a Junta Metropolitana do Porto (JMP) ter aprovado o nome de João Velez de Carvalho, proposto pelo Governo, para a presidência do conselho de administração daquela empresa.

Hoje de manhã, Manuel Pizarro disse aos jornalistas, à margem de um encontro sobre o Solar do Vinho do Porto, que Álvaro Santos Pereira perdeu as condições para continuar a exercer o cargo e afirmou, questionado sobre um possível diferendo entre Porto e Gaia, que, "porventura, o Governo pode estar transformado numa espécie de comissão eleitoral" do presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Luís Filipe Menezes.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
3295Visualizações
2Impressões
4Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a prova de avaliação aos professores?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper