Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Ministro reage a investida de manifestantes

Álvaro Santos Pereira considera manifestação legítima

por Lusa  

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, classificou hoje como "legítima" a manifestação contra o Governo que enfrentou na Covilhã e assegurou que o Executivo tem intenção de "manter um diálogo social muito grande".

Algumas dezenas de manifestantes bloquearam hoje de manhã a saída do automóvel do governante, após uma visita ao Parque de Ciência e Tecnologia da Covilhã.

À saída do edifício do parque, a comitiva do ministro tentou evitar os manifestantes que exibiam tarjas e gritavam palavras de ordem contra o Governo, mas, já na rua, o ministro viu-se confrontado com dois contestatários.

Apesar de insultado, insistiu em lhes dirigir a palavra e acabou por ser cercado pelos outros participantes na manifestação.

Enquanto tentava falar, e apesar da intervenção do presidente da Câmara da Covilhã, Carlos Pinto, o governante continuou a ser insultado e vaiado até entrar no carro.

Quando tentou avançar, houve manifestantes que se colocaram à frente e em cima do automóvel durante alguns minutos para impedir a marcha, acabando por ser retirados por outras pessoas e por um elemento policial armado descaracterizado.


Ler Artigo Completo(Pág.1/3) Página seguinte
Patrocínio
 
2617Visualizações
0Impressões
58Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Demonstração de força do Podemos, em Espanha, significa que pode imitar vitória do Syriza?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper