Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Segurança Social

Governo vai manter "total exigência" no combate à fraude

 

O secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social, Marco António Costa, garantiu hoje que o Governo vai manter "uma linha de total exigência" no combate à fraude, em nome da "justiça social".

O secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social, Marco António Costa, garantiu hoje que o Governo vai manter "uma linha de total exigência" no combate à fraude, em nome da "justiça social".

"Vamos atuar numa linha de total exigência e de grande atenção relativamente às matérias da fraude", afirmou o governante, em Viana do Castelo, à margem de uma reunião de trabalho com as instituições particulares de solidariedade social daquele distrito.

Hoje foi divulgado o relatório de uma ação conjunta realizada em 2011 pelas inspeções da Saúde e da Segurança Social, que identificou "fortes indícios" de emissão, em seis distritos, de certificados médicos sem prova de contacto clínico, o que pode configurar eventuais infrações disciplinares.

Marco António Costa remeteu para mais tarde declarações sobre este relatório, mas sublinhou que o atual Governo faz do combate à fraude "uma matéria fundamental", por uma questão de justiça social.

"A fraude é sempre algo que significa que alguém está a beneficiar de algo a que não tem direito e que outras pessoas que deveriam beneficiar desses apoios ficam prejudicadas", referiu.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
284Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
TAGS
 


PUB

NOTÍCIAS Mais VISTAS

Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Btn EdMultimedia - Geral



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

PSD e CDS dizem que podem tornar a economia portuguesa numa das dez mais competitivas do Mundo

É possível. Se forem eleitos e o seu programa for cumprido
É impossível. Não passa de propaganda eleitoral
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper