Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Projeto do PCP

Maioria chumba programa de emergência para a saúde

por Lusa  

A maioria PSD/CDS-PP rejeitou hoje um projeto de resolução do PCP recomendando ao Governo a adoção de um programa de emergência para o serviço nacional de saúde (SNS).

A iniciativa comunista, votada no final de um debate potestativo, foi chumbada com os votos contra do PSD e CDS-PP, a abstenção do PS e os votos favoráveis do PCP, BE e PEV.

O programa de emergência defendido pelo PCP previa o reforço da "dotação financeira para o serviço nacional de saúde", a revogação das taxas moderadoras e a revisão do" regime de comparticipação dos medicamentos, tendo em vista a redução do valor médio anual da comparticipação dos doentes nos custos da medicação no conjunto do SNS, em ambulatório, para um máximo de 30 por cento em 2012".

As medidas propostas passam igualmente pelo lançamento de um "concurso público para aquisição de medicamentos em ambulatório a nível nacional", e pela revogação do novo regulamento de transportes não urgentes e a garantia "a todos os utentes, a título gratuito, o transporte de doentes não urgentes para acesso aos cuidados de saúde, quando justificado clinicamente ou por dificuldades económicas".

O programa de emergência para o SNS apresentado pelo PCP passava também, entre outras medidas, pela renegociação ou denúncia das "parcerias público privadas, integrando toda a rede hospitalar no quadro do sector público administrativo".

O projeto de resolução defendia ainda que o Governo estabelecesse, "para um horizonte temporal até 2020, convenções com entidades do sector social e privado para assegurar o acesso a consultas, a meios complementares de diagnóstico e terapêutica e a cuidados continuados no domicílio ou internamento, nas situações em que esta seja a solução viável para resolver problemas de proximidade ou de incapacidade de resposta do SNS em tempo clinicamente aceitável e simultaneamente invista no SNS para reforçar a sua cobertura nestas áreas".


Patrocínio
 
460Visualizações
1 Impressão
2Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Aumento de capital é suficiente para resolver crise no BES?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper