Trump ataca Ted Cruz por ter nascido no Canadá

A lua de mel entre Trump e Cruz parece ter chegado ao fim

A duas semanas do início das primárias, no Iowa, a lua-de-mel entre o milionário e o senador do Texas acabou neste sexto debate republicano.

"Há um grande ponto de interrogação sobre a sua cabeça", exclamou Donald Trump em relação ao facto de Ted Cruz ter nascido no Canadá. No sexto debate entre candidatos republicanos às presidenciais de 8 de novembro, a lua-de-mel entre o milionário do imobiliário e o senador do Texas - que ocupam os dois primeiros lugares nas sondagens - parece ter acabado. Ou não tivesse Ted Cruz respondido ao ataque lembrando os valores liberais do nova-iorquino Trump. "Não há muitos conservadores em Manhattan, pois não?", questionou o senador.

"Não há muitos conservadores em Manhattan, pois não?"

Nascido em Calgary, no Canadá, filho de uma americana e de um cubano, Ted Cruz tem cidadania americana, mais de 35 anos e vive nos EUA há mais de 14. Cumpre assim os requisitos para ser eleito presidente dos EUA, mas Trump tem questionado que ele seja "um cidadão natural dos Estados Unidos", como está escrito na Constituição que o presidente tem de ser. A definição, garante Cruz, inclui qualquer filho de um americano. Mas Trump garante que tal já foi posto em causa, inclusive por académicos de Harvard e sublinha que os democratas podem levar a questão aos tribunais caso seja Cruz o candidato republicano à Casa Branca.

As primárias que permitem aos partidos escolher o seu candidato começam a 2 de fevereiro, com os caucus (assembleias populares) do Iowa. Do lado republicano, Cruz e Trump lideram a corrida. Do lado democrata, a ex-primeira dama e ex-secretária de Estado Hillary Clinton é a favorita para vir a suceder a Barack Obama cujo segundo mandato termina em janeiro de 2017.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular