Peru ratifica acordo de dispensa de vistos com espaço Schengen

Ana Maria Sanchez de Rios, ministra dos Negócios Estrangeiros peruana, com o presidente Ollanta Humala e a Federica Mogherini, chefe da diplomacia europeia

Presidente peruano considera que o acordo permite que "muitos peruanos possam visitar os seus familiares, ter cuidados médicos ou frequentar cursos de curta duração", até um máximo de 90 dias

O governo do Peru ratificou hoje o acordo assinado com a União Europeia, para a dispensa de visto para visitas de curta duração aos países do espaço Schengen.

A decisão foi hoje anunciada no diário oficial do país que destacou a importância do acordo para o país, num decreto assinado pelo presidente Ollanta Humala e a sua ministra dos Negócios Estrangeiros, Ana María Sánchez.

O acordo foi atingido a 14 de março, num encontro com a alta representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros, Federica Mogherini.

Na ocasião, Humala salientou que o acordo vinha permitir que "muitos peruanos possam visitar os seus familiares, ter cuidados médicos ou frequentar cursos de curta duração", até um máximo de 90 dias.

Últimas notícias

Mais popular