Peru ratifica acordo de dispensa de vistos com espaço Schengen

Ana Maria Sanchez de Rios, ministra dos Negócios Estrangeiros peruana, com o presidente Ollanta Humala e a Federica Mogherini, chefe da diplomacia europeia

Presidente peruano considera que o acordo permite que "muitos peruanos possam visitar os seus familiares, ter cuidados médicos ou frequentar cursos de curta duração", até um máximo de 90 dias

O governo do Peru ratificou hoje o acordo assinado com a União Europeia, para a dispensa de visto para visitas de curta duração aos países do espaço Schengen.

A decisão foi hoje anunciada no diário oficial do país que destacou a importância do acordo para o país, num decreto assinado pelo presidente Ollanta Humala e a sua ministra dos Negócios Estrangeiros, Ana María Sánchez.

O acordo foi atingido a 14 de março, num encontro com a alta representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros, Federica Mogherini.

Na ocasião, Humala salientou que o acordo vinha permitir que "muitos peruanos possam visitar os seus familiares, ter cuidados médicos ou frequentar cursos de curta duração", até um máximo de 90 dias.

Últimas notícias

Recomendadas

Contéudo Patrocinado

Mais popular