Jornais vestiram-se de luto verde e branco 

Capas de jornais de todo o mundo referiram o desastre do Chapecoense e relembraram as vítimas

A tragédia do Chapecoense deixou o mundo do futebol de luto e foi notícia em jornais de todo o mundo. A equipa brasileira que morreu num acidente de avião esta terça-feira a caminho da Colômbia, onde ia disputar a final da Taça Sul Americana, deixou um vazio especial no coração dos brasileiros. Os jornais brasileiros dedicaram esta quarta-feira as suas capas às vítimas e às suas famílias.

O Globo afirmou que "a tristeza é verde" e mostrou uma imagem de um adepto desolado pelo desastre, enquanto a Folha de S. Paulo publicou a fotografia de uma homenagem às 71 pessoas que morreram neste acidente de aviação.

Tanto o Extra como o Lance publicaram capas simples, com apenas imagens referentes ao clube Chapecoense, que perdeu grande parte dos jogadores, assim como técnicos e a comitiva.

Do lado da Colômbia, país onde o avião caiu, também foram publicadas mensagens de luto. "Colômbia e Brasil, uma só dor", escreveu o El Colombiano, enquanto o El Universal menciona também a perda de vários jornalistas com a mensagem "o futebol e a imprensa de luto".

Nos jornais portugueses, espanhóis e da América do Sul, a queda do avião também foi o tema principal. A Bola referiu que "os campeões nunca morrem" e O Jogo escreveu apenas "tragédia".

O assunto não passou despercebido na imprensa britânica e norte-americana e jornais como o New York Times, o Washington Post, o Independent e o Wall Street Journal referiram a grande perda para o mundo do futebol e a tragédia brasileira.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular