Identificado atirador que baleou congressistas republicanos

Líder parlamentar republicano, Steve Scalise, é um dos feridos. Atirador abriu fogo contra republicanos em treino de basebol

Um homem armado abriu fogo esta quarta-feira contra os congressistas que se encontravam num treino de basebol na cidade de Alexandria, no estado da Virgínia, EUA. Uma das vítimas é o líder republicano do congresso, Steve Scalise, de 51 anos. Segundo a agência Reuters, há outros feridos a registar.

O atirador foi baleado pelas autoridades e detido. Mais tarde, foi identificado pela polícia como James T. Hodgkinson, um homem de 66 anos que vive no estado de Illinois, segundo o Washington Post. A imprensa norte-americana afirmou que Hodgkinson estava armado com uma espingarda.

Scalise, que é o terceiro membro mais importante do partido republicano na Casa dos Representantes, terá sido baleado numa anca e não corre risco de vida.

O republicano Mo Brooks contou que estavam entre 20 a 25 membros e funcionários do congresso no treino. O grupo preparava-se para o jogo anual de basebol entre republicanos e democratas, que estava marcado para esta quinta-feira. Os democratas estavam a treinar num local diferente.

"Devem ter sido disparados 50 ou 100 tiros", contou Brooks. Dois agentes da polícia terão sido atingidos pelas balas.

"Um dos nossos seguranças disparou de volta mas era uma pistola contra uma espingarda", continuou o republicano.

Brooks refere que o atirador "estava atrás de membros eleitos", já que é "sabido na zona quem eram as pessoas no campo de treino". "Não era segredo que estávamos a treinar", continuou o republicano.

Através do Twitter, a polícia norte-americana informou que respondeu a um alerta de tiroteio e que as vítimas foram transportadas para o hospital.

O tiroteio ocorreu em Alexandria, uma cidade próxima de Washington DC.

O presidente Donald Trump já reagiu ao incidente. "Representante Steve Scalise do Lousiana, um verdadeiro amigo e patriota, foi gravemente ferido mas vai recuperar totalmente. Os nossos pensamentos e orações estão com ele", escreveu Trump no Twitter.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub