Ataques em duas mesquitas no norte de Israel mobilizam reforços policiais

Duas mesquitas foram hoje alvo de ataques na cidade de Mughar, no norte de Israel, onde se mobilizaram reforços policiais devido ao aumento de tensões entre os habitantes, anunciaram as autoridades.

De acordo com o porta-voz da polícia, o ataque às duas mesquitas ocorreu antes do amanhecer sem causar quaisquer vítimas ou danos.

Na última sexta-feira, três árabes israelitas abriram fogo contra a polícia, matando dois agentes, perto da Porta do Leão, junto à Esplanada das Mesquitas, onde foram encurralados e abatidos pelas forças de segurança.

Um dos dois polícias que morreram na sequência do ataque em Jerusalém vivia em Mughar e pertencia à minoria árabe drusa de Israel, informou a imprensa.

Desde então têm aumentado as tensões entre drusos e muçulmanos que vivem em Mughar e a polícia preocupa-se com a possível intensificação da situação.

A minoria drusa é uma comunidade heterodoxa que aspira à integração na sociedade israelita e é obrigada a fazer serviço militar, ao contrário de outros árabes israelitas.

Os árabes israelitas, descendentes de palestinianos, representam 17,5% da população e acusam a comunidade drusa de fazer parte dos que, no país, os marginalizam.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub