Plataforma ferroviária da Guarda é "o maior projeto" das próximas décadas - Álvaro Amaro

O presidente da Câmara da Guarda, Álvaro Amaro, considerou hoje que a futura plataforma ferroviária local, criada com a modernização das linhas da Beira Alta e da Beira Baixa, será "o maior projeto" na zona nas próximas décadas.

"[...] Estamos na presença do maior projeto para a Guarda das próximas décadas e eu não gostaria que a Guarda o desperdiçasse, por isso vale a pena discuti-lo, vale a pena debatê-lo", disse o autarca na abertura de mais uma sessão das Conferências da Guarda, sobre "Distribuição e Logística - Nó Ferroviário da Guarda".

Segundo Álvaro Amaro, com as obras de modernização da Linha da Beira Alta e de modernização e eletrificação da Linha da Beira Baixa, entre as cidades da Covilhã e da Guarda, será criado "o nó ferroviário da Guarda" ou, como designou o autarca, "a plataforma ferroviária da Guarda", com a ferrovia a "passar a ser, e bem, um instrumento fundamental do desenvolvimento das próprias regiões".

Estas obras ficarão concluídas até 2022, até ao fim do programa Portugal 2020 (com fundos comunitários).

"Nós [Guarda] estamos no coração deste [plano de] entrelinhas ferroviárias que nos permitirá passar a ser uma cidade e, no fundo, uma capital sub-regional, uma capital de uma sub-região, que acaba por enriquecer muito a região Centro e com isso, naturalmente, o país", considerou.

O autarca espera que o projeto possa ser "a tal alavanca" para que "mais empresas se possam fixar" no território.

A conferência "Distribuição e Logística - Nó Ferroviário da Guarda", que decorre hoje na sala António de Almeida Santos, no edifício dos Paços do Concelho da Guarda, é promovida pela autarquia em colaboração com a Transportes em Revista, publicação dedicada à logística e ao transporte.

Segundo a organização, participam nos trabalhos autarcas, empresários, agentes económicos, gestores públicos e operadores nas áreas dos transportes e da logística.

Durante os trabalhos são discutidos os temas "Guarda: hub ibérico de distribuição de mercadorias", "Importância estratégica da Guarda nas cadeias de transporte e logística" e "Oportunidades de desenvolvimento económico no interior norte".

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

Pub
Pub