Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Autarquia

Idanha-a-Nova quer adesão à Rede de Judiarias

por Lusa, texto publicado por Paula Mourato  

A Câmara de Idanha-a-Nova propôs a adesão do município à Rede de Judiarias de Portugal, de modo a potenciar a defesa do património urbanístico e cultural relacionado com a herança judaica, foi hoje anunciado.

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, no colóquio "Uma Festa, Duas Culturas", integrado no evento Páscoas Judaica e Cristã, que decorreu em Medelim, refere o município em comunicado.

A Rede de Judiarias de Portugal - Rotas de Sefarad foi fundada em 2011 e tem como objetivo conjugar a valorização histórica e patrimonial com a promoção turística.

Uma estratégia que, para Armindo Jacinto, "faz todo o sentido num concelho que tem influências das culturas judaica, cristã e islâmica".

Em representação da Rede de Judiarias, o rabino de Belmonte enalteceu a proposta de adesão de Idanha-a-Nova àquela organização, composta por cerca de duas dezenas de municípios e ainda entidades de turismo e comunidades judaicas.

"As aldeias portuguesas podem oferecer aos turistas momentos de fortalecimento da família judaica, porque têm condições riquíssimas sob o ponto de vista popular e histórico. A vivência que aqui se encontra não existe nas grandes cidades do mundo", afirmou Elisha Salas.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
1148Visualizações
7Impressões
2Comentários
1Envio
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a prova de avaliação aos professores?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper