Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


ASAE instaura 5 processos crime (atualizada)

79 toneladas de carne com vestígios de cavalo apreendidas

por Lusa, texto publicado por Sofia Fonseca  

79 toneladas de carne com vestígios de cavalo apreendidas
Fotografia © REUTERS/Jean-Paul Pelissier

A ASAE instaurou hoje cinco processos-crimes a empresas portuguesas por fraude sobre mercadoria e apreendeu 79 toneladas de carne contendo vestígios de carne de cavalo.

Em comunicado, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) adianta que foram também apreendidas, no comércio de retalho e distribuição 18.839 embalagens de produtos à base de carne, como por exemplo lasanhas, hambúrgueres, canelones e almôndegas.

Segundo a ASAE, os 79 mil quilogramas de carne e produtos à base de carne contendo carne de cavalo foram apreendidos em estabelecimentos industriais de preparação, embalamento e distribuição de carnes no comércio a retalho (grandes superfícies).

Este organismo de fiscalização refere também que a abertura dos cinco processos-crimes resultou na realização de 134 colheitas de amostras para análises laboratoriais para determinação da existência de ADN em carne de cavalo, tendo verificado, até ao momento, 13 resultados positivos.

A ASAE diz ainda que vai continuar com as ações de fiscalização neste domínio.


Patrocínio
 
8162Visualizações
8Impressões
79Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 


PUB

NOTÍCIAS Mais VISTAS

btn Banco Popular - DN Destaque
Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Btn EdMultimedia - Geral



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

A quem atribui maior responsabilidade sobre o drama dos refugiados na Europa?

- Aos governos dos países
- À Comissão Europeia
- À ONU
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper