Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Armação de Pêra

Golfinho e gato com peixe vencem disputa no areal

por José Manuel Oliveira  

Os concorrentes aplicam-se com toda a concentração durante o tempo do concurso
Os concorrentes aplicam-se com toda a concentração durante o tempo do concurso Fotografia © Glória Almeida/Global Imagens

Volumetria e perfeição de trabalhos convenceram o júri. Muitos populares juntaram-se e a animação não faltou.

Numa manhã escaldante e com vento ligeiro à mistura, enquanto muitos turistas se banhavam nas águas da Praia dos Pescadores, em Armação de Pera (Silves), e outros saltavam para o interior de embarcações de recreio para visitar grutas, o areal era invadido por tartarugas e castelos, temas preferidos pelos concorrentes das Construções na Areia, concurso organizado pelo Diário de Notícias. Criatividade acompanhada por uma significativa moldura humana que acompanhou a mestria dos pequenos escultores.

No escalão A, destinado a participantes dos seis aos dez anos, surgiram ainda barcos, âncoras, baleias e polvos, a despertarem o apetite para o almoço, sereias a encantarem o ambiente e até um sorvete para refrescar. "Calma, ainda tens tempo. Mete mais areia para se poder ver melhor o bichinho", aconselhava um familiar de uma criança. "Agora, arruma as tuas coisas e espera um pouco", ordenava a mãe de um menino, após ele ter dado por concluída a sua obra. O júri, composto por Margarida Rocha, antiga participante das Construções na Areia e atual estudante de Belas Artes, no Porto, e Emília Cabrito, do Departamento de Marketing do DN, acabou por se render ao golfinho, que cedo deu nas vistas, da autoria de Mariana Frado, de nove anos.

Já na categoria B, para jovens dos 11 aos 14 anos, brilhou sobretudo a volumetria das peças exibidas, sobressaindo cavalos-marinhos, baleias, golfinhos, tartarugas, um pelicano, o urso Panda, o "Sponge Bob" e o "Pluto", figuras típicas dos desenhos animados. Mas o vencedor foi o trabalho de Diana Oliveira, com um gato e um peixe. "Volumetria, criatividade e perfeição" foram os critérios do júri para classificar as esculturas, tendo a tarefa sido "mais complicada" no escalão B, em que houve mais variedade, enquanto na categoria A "todas estiveram ao mesmo nível", reconheceu um dos elementos. Pouco depois, e antes da entrega dos prémios, os jogos da corda e dos sacos animaram o público que encheu o local. Só o intenso calor obrigou a apressar o final de uma manhã divertida.


Patrocínio
 
2813Visualizações
2Impressões
0Comentários
1Envio
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
TAGS
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Coleção DN 150 anos - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN (Limpeza) (19-21Nov)



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a reposição das subvenções vitalícias dos políticos?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper