Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


No verão não quero deixar de...

Beber caipirinha de cachaça de rolha

por Hugo Filipe Coelho  

Beber caipirinha de cachaça de rolha

Lisboa Na antiga capital do império, caipirinhas há muitas! Pode-se acabar o dia a beber uma, em jeito de aperitivo, num restaurante mineiro e baiano, de uma esquina esconsa da Lapa, e à noite ficar a beber outra, encostado ao elevador que parou no cimo da Bica.

Pode partir-se em busca da melhor caipirinha de Lisboa, imaginando que se segue as pistas de uma adivinha, escrita num papel rasgado e esquecido numa velha garrafa de cachaça de rolha: um restaurante com nome de armazém e ares de mercearia, a porta virada para a curva do elétrico 25, uma colina de Lisboa que tem nome de bairro do Rio de Janeiro.

O ponto de chegada é o Armazém da Cachaça, número 88 da Rua São João da Mata, na Lapa. À entrada - dúvidas houvesse sobre a legitimidade da recomendação - está um Guia Michelin aberto na página em que se lê que o cocktail da casa é de beber e chorar por mais.

Comecemos pelas apresentações. Jorge Lopes, 67 anos, filho de militar português, viajado pelos quatro cantos do império que já não é, apaixonado pelo Rio de Janeiro, sócio do brasileiro Márcio Costa - um gestor feito cozinheiro -, é o rosto do restaurante de comida mineira e baiana.

Quem chega, encontra-o atrás do balcão de pedra com uma balança de ferro branco, herdada da mercearia que aqui estava antes e que, no final do século de oitocentos, era a preferida das senhoras chiques da sociedade lisboeta. Atrás dele, velhas prateleiras de madeira enchem a parede até ao teto de pé alto, repletas de garrafas quase todas de cachaça. São elas que justificam o nome da casa.

No Armazém da Cachaça há quem beba a caipirinha à refeição e no final, após a sobremesa, mas ninguém no seu perfeito juízo - ou saúde - a dispensa para começar. "Os estrangeiros porque não sabem. Às vezes só pedem quando nos veem passar com os copos. Mas quem conhece, pede a caipirinha quase sempre no início."


Ler Artigo Completo(Pág.1/4) Página seguinte
Patrocínio
 
5652Visualizações
10Impressões
11Comentários
8Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Aumento de capital é suficiente para resolver crise no BES?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper