Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Incêndio

Fogo de Porto da Carne é o único por dominar em Portugal

por Texto da Agência Lusa, publicado por Patrícia Viegas  

O fogo que deflagrou em Porto da Carne às 14:38 de segunda-feira e reativou às 23:16 é hoje, às 07:30, o único por dominar em Portugal continental, informou a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Segundo o portal da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o incêndio mantém uma frente ativa, e está a ser combatido por 120 operacionais, entre os quais 107 bombeiros, apoiados por 34 veículos.

Entretanto, na localidade de Bouçoães, no concelho de Valpaços, os bombeiros dominaram às 06:09 um incêndio que deflagrou às 23:10 de segunda-feira e que chegou a ter duas frentes ativas.

Um total de 33 operacionais, apoiados por oito veículos, encontram-se no local a combater as chamas.

De acordo com o Instituto de Meteorologia (IM), 34 concelhos de Portugal continental estão hoje em "risco máximo" de incêndio, o mais grave de uma escala de cinco.

Viseu é o distrito com mais concelhos em risco máximo de incêndio, oito, seguido da Guarda, com sete, de Coimbra, com quatro, do Porto, Leiria e Castelo Branco, com três, de Aveiro e Santarém, com dois, e Braga e Faro, com um cada.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
856Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
TAGS
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Pensa que as taxas de juro negativas são boa notícia para as famílias portuguesas?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper