Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Francisco Louçã

Paulo Portas foi "mais rápido que a própria sombra" na venda do BPN

por Lusa  

O líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, acusou no sábado o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, de ser "mais rápido que a própria sombra" ao negociar a venda do BPN em Luanda (Angola).

"Paulo Portas começou em Angola a negociar as condições para vender o Banco Português de Negócios (BPN) ainda o Governo não tinha decidido. O homem negoceia mais depressa que a sua própria sombra", acusou Francisco Louçã, durante um comício na noite de sábado em Armação de Pêra, no Algarve.

Louçã classificou o caso BPN como um "cambalacho" e uma das razões para a crise financeira que Portugal vive.

"O Estado foi dono do BPN durante quase três anos e não cobrou ao homem mais rico de Portugal [Américo Amorim]", recordou o líder bloquista, referindo que "não há regra nenhuma para quem tem a compreensão do Governo".

"Tudo é possível. Tornar-se Américo Amorim, o mais rico de Portugal e ser em simultâneo o maior devedor de Portugal", observou.

O BE afirma que não aceita o "cambalacho" do BPN, tal como não aceita a "privatização dos correios" ou da água.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
4211Visualizações
18Impressões
24Comentários
1Envio
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Acha que a Guiné Equatorial devia fazer parte da CPLP?

Sim
Não
Só se adotar o português como língua principal
Só depois de dar garantias de que respeita os direitos humanos
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper