Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Saúde

Num ano, 251 médicos reformados regressaram ao SNS

por Lusa  

Mais de 250 médicos reformados já regressaram ao trabalho no Serviço Nacional de Saúde (SNS), ao abrigo de um diploma que permite aos clínicos aposentados continuarem a exercer funções, em vigor há um ano.

Segundo dados oficiais hoje fornecidos à Lusa pelo Ministério da Saúde, são 251 os médicos que requereram o reingresso nas suas funções públicas.

Em 2009 e 2010 aposentaram-se mais de mil médicos e, segundo o jornal Público de hoje, só até final de agosto deste ano vão reformar-se 558, tantos como em todo o ano anterior.

Para tentar conter a saída de médicos em reforma e pré-reforma, o anterior Governo criou, através de decreto-lei, um diploma que permite aos médicos aposentados voltar a exercer funções públicas ou a prestar trabalho remunerado em estabelecimentos do SNS.

Este regime, que está previsto vigorar por três anos, proíbe ainda os médicos aposentados de exercerem funções em serviços públicos através de contratos celebrados como prestação de serviço.

O Governo definiu em 200 o contingente de médicos aposentados que podem ser contratados, mas esse limite ainda não foi atingido.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
3490Visualizações
16Impressões
11Comentários
4Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Coleção DN 150 anos - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Como classifica a entrevista do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, ontem à RTP?

Muito boa
Boa
Medíocre

Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper