Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Doentes graves têm de esperar 362 dias por 1 consulta

 

Consultas de especialidade chegam a demorar 600 dias para doentes muito prioritários
Consultas de especialidade chegam a demorar 600 dias para doentes muito prioritários

Consultas de especialidade chegam a demorar 600 dias para doentes muito prioritários. Há esperas de 1218 dias em urologia e 1321 em ginecologia. Dados são do Observatório dos Sistemas de Saúde.

Os doentes mais graves deveriam esperar apenas 30 dias para conseguirem uma consulta num hospital. E mesmo nos pedidos considerados sem gravidade, o tempo máximo de espera estabelecido por lei é de 150 dias. Mas em muitos hospitais esta está longe de ser a realidade.

No Hospital de Santo António, Porto, há quem espere 1218 dias por uma consulta de urologia, enquanto no hospital de Beja são precisos 1396 para ser visto por um oftalmologista. O cenário não melhora quando se fala de ginecologia: em Santarém, a resposta pode demorar 1321 dias a chegar.

Falta de médicos, saídas para a reforma e demasiada concentração dos cuidados de saúde nos hospitais são algumas das razões apontadas para uma resposta ineficaz dos serviços.


Patrocínio
 
3859Visualizações
29Impressões
47Comentários
13Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
Conferência 3º Aniv DV - DN Destaque Évora (Mar2015)
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a passagem da gestão das escolas do Estado para as câmaras municipais?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper