Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


GNR morre com disparo acidental

"Brincadeira de mau gosto" acaba em tragédia

por José Manuel Oliveira  

Filipe Silvestre, de 27 anos, encontrava-se perto da meia-noite de domingo com quatro colegas no posto da GNR de Monchique quando ocorreu a tragédia. Corre a versão de que estaria a "brincar" com a pistola de serviço na altura em que procedia à sua limpeza. Um descuido fatal no manuseamento poderá ter sido a causa do acidente. A PJ investiga.

Um militar de 27 anos pertencente ao posto de Monchique da Guarda Nacional Republicana (GNR) morreu ao ser atingido na cabeça por uma bala da arma de serviço que acabou por disparar de "forma involuntária", de acordo com a versão oficial, no interior das instalações e na presença de colegas. O caso ocorreu pouco antes da meia-noite de domingo, numa altura em que se preparava para entrar ao serviço.

O Instituto Nacional de Emergência Médica foi, de imediato, alertado, pelas 23.58 horas, mas apesar dos esforços desenvolvidos para a reanimação da vítima nas instalações da GNR, após terem sido accionados os Bombeiros Voluntários de Monchique e uma Viatura Médica de Emergência Rápida do Barlavento Algarvio, Filipe Silvestre, com o estatuto de guarda, não conseguiu resistir aos ferimentos. O óbito foi declarado pouco depois no local. O helicóptero do INEM baseado em Loulé e também accionado nas operações de socorro, acabou por ser desactivado. Cerca das 2.00 horas da madrugada, deslocou-se ao posto da GNR de Monchique uma equipa de psicólogos, a fim de prestar apoio aos militares ali em serviço.

Tratou-se de um "disparo acidental", garantiu ao DN o tenente-coronel Luís Sequeira, responsável pelo sector das Relações Públicas do Comando da GNR do Algarve. Quatro colegas estariam com Filipe Silvestre na altura em que ocorreu o acidente. Segundo informações recolhidas pelo DN, um deles até terá desabafado que o sucedido resultou de uma "brincadeira de mau gosto".

Uma outra versão reforça essa ideia, indicando que o guarda estaria a "rir, a brincar com a arma e a limpá-la, tendo até feito um disparo contra uma parede, após que a bala fez ricochete". Não foi possível obter confirmação sobre estas versões, numa altura em que a GNR procedeu à abertura de um inquérito para apurar os contornos do acidente. O caso encontra-se sob investigação da Polícia Judiciária, estando a arma, uma pistola «Glock» com calibre de nove milímetros, a ser alvo de peritagem.

Natural da Aldeia dos Fernandes, situada no concelho de Almodôvar, no Baixo Alentejo, Filipe Silvestre, de 27 anos, que vivia maritalmente com uma jovem conterrânea em Portimão a trabalhar na área da saúde, ingressou na GNR em 2009 e encontrava-se desde essa altura no posto de Monchique. Antes, residia em Cascais. "Era um indivíduo sem problemas, super-activo e bem constituído fisicamente, que se preparou para ingressar nas brigadas de intervenção rápida em Portimão ou Faro. O que aconteceu foi um descuido", confidenciou ao DN um elemento da GNR.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
16463Visualizações
28Impressões
53Comentários
3Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Como é que PSD e CDS devem concorrer às próximas legislativas?

Coligados
Separados
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper