Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Legislativas

POUS "coloca" Esquerda à sua frente para proibir despedimentos

por Lusa  

A cabeça-de-lista do Partido Operário de Unidade Socialista (POUS) reiterou hoje o desejo de ver uma "convergência de Esquerda no Governo" que "proíba os despedimentos", considerando-a mais prioritária que os votos no seu próprio partido.

"Nós não fizemos uma batalha pelo voto no POUS como prioritário. Se bem que o voto em nós não é um voto perdido. Todos os votos no POUS são votos ganhos na construção da organização e, obviamente, um deputado do POUS seria um ponto de apoio para esta luta, para o País", disse à Agência Lusa Carmelinda Pereira.

Em jeito de balanço das duas semanas de campanha para as eleições legislativas de domingo e sem avançar quaisquer prognósticos de votação no POUS, a candidata voltou a apelar ao entendimento entre os partidos de Esquerda com assento parlamentar.

"Devem ter coragem de se encontrar após as eleições e tentar discutir como convergir para responder às questões pertinentes. A primeira é proibir os despedimentos e dar os meios aos trabalhadores para que possam começar em conjunto a arrancar o País da situação em que se encontra", afirmou.

Carmelinda Pereira considera que se vai assistir no domingo à "mobilização dos trabalhadores para resistir às políticas de Sócrates e de Bruxelas", prevendo um "'score' larguíssimo" da CDU, do BE e do PS.


Patrocínio
 
1099Visualizações
2Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
TAGS
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a prova de avaliação aos professores?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper