Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Pesca ilegal de amêijoa no Tejo acabou a tiro

por ROBERTO DORES,  

Pesca ilegal de amêijoa no Tejo acabou a tiro

A madrugada foi agitada no Tejo, à entrada da barra do porto de Lisboa. A Polícia Marítima disparou para o ar e para a água para intimidar os ocupantes de nove barcos que apanhavam amêijoa no rio. As embarcações não estavam licenciadas para a captura de bivalves em águas interiores, segundo revelou ao DN fonte policial. Os próprios profissionais admitem que a licença apenas contempla a pesca em águas oceânicas, mas alertam que a situação actual é de "desespero e de sobrevivência", porque nesta época só há amêijoa nas águas interiores.

Segundo o relato dos pescadores da Trafaria (Almada) que saíram para o Tejo, eram cerca das 03.00 quando a Polícia Marítima (PM) os surpreendeu com "tiros para o ar e para a água." Pedro Gomes, proprietário de uma das embarcações, garantiu ao DN que os profissionais pretendiam apenas conversar com as autoridades. Contudo, a polícia acabaria por multar to- dos os barcos, tendo apreendido um deles, que procurou fugir quando se encontrava à pesca à entrada do barra do porto de Lisboa e avistou a polícia.

A PM refere que os disparos partiram de armamento antidistúrbio para intimidar os 60 pescadores, que terão injuriado e agredido as autoridades, tentando abalroar os três botes policiais. Dois deles foram rasgados com facas e ferros. Além de não possuírem licença, a autoridade marítima alega que as embarcações actuavam sem luzes e que pescavam à ganchora [apanha de amêijoa por arrasto no leito do rio] justamente no canal de navegação de acesso ao porto de Lisboa, colocando em risco outros barcos.

"Eles mandaram- -nos parar logo aos tiros e não nos deram hipótese de dialogar", explicou Pedro Gomes, alertando que a apanha da amêijoa - tradicional na Trafaria - é o ganha-pão de muitos pescadores em tempo de crise. "O problema é que a PM não nos deixa trabalhar, numa altura de crise em que não temos como alimentar as famílias", refere Paulo Isidoro.


Patrocínio
 
5974Visualizações
1 Impressão
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
TAGS
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Demonstração de força do Podemos, em Espanha, significa que pode imitar vitória do Syriza?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper