Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Facebook

Iva Domingues baralhada com o português

por Luís Manuel Cabral  

Iva Domingues, apresentadora de televisão
Iva Domingues, apresentadora de televisão Fotografia © Ana Pereira - Global Notícias

Apresentadora foi criticada pelos fãs, na sua página do Facebook, por não saber conjugar o particípio passado dos verbos.

Iva Domingues utilizou a sua página no Facebook para fazer um desabafo, mas a coisa correu mal e acabou por ser alvo de duras críticas. A conhecida apresentadora da TVI afirmou que recusa escrever segundo o novo acordo ortográfico mas, no entanto, mostrou-se "confusa" quanto às normas deste tratado, adianta o Correio da Manhã.

"Não, não vou seguir o acordo ortográfico! Vou continuar a dizer, morto e não matado. Pago e não pagado", escreveu Iva Domingues na sua página do Facebook, para ser "bombardeada", minutos depois, com comentários de fãs indignados, que se apressaram a esclarecer a apresentadora que a conjugação se prende com o facto de haver verbos, como o matar, que têm dois particípios passados - um regular e outro irregular. O primeiro, conjuga-se com os verbos "haver" e "ter": "ter matado" e o segundo, com "estar" e "ser": "ser morto". Essa regra nada tem a ver com o novo acordo ortográfico.

Perante a polémica gerada, Iva Domingues resolveu apagar o comentário que tinha feito.


Patrocínio
 
32846Visualizações
7Impressões
89Comentários
5Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
TAGS
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a prova de avaliação aos professores?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper