Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


OSCAR MASCARENHAS

Magistrados precisam de escutar o conselho de Apeles ao sapateiro

por OSCAR MASCARENHAS  

Escolhi abordar hoje uma questão que envolve o Correio da Manhã. Faço-o porque o assunto em causa diz respeito a todos os jornalistas, aos tribunais, aos juristas e aos sucessivos legisladores. Os leitores do DN não têm qualquer dúvida de que o CM não é um jornal da minha preferência, quer na escolha dos temas quer na sua abordagem e aproveitamento, sendo para mim evidente que é norteado por uma agenda política e partidária muito subliminarmente traçada. Mas reconheço naqueles jornalistas o profissionalismo e o apego ao trabalho, o faro jornalístico e os dentes de buldogue para filar a notícia - e por aqui me fico.

O caso em debate gira em torno de uma sentença judicial que condenou vários jornalistas do CM por alegada devassa da vida privada de um futebolista muito conhecido. O jornal publicou declarações da ama do filho daquela estrela do desporto, onde fazia revelações sobre a maternidade da criança.

Os jornalistas foram condenados por, juntamente com a ama, terem feito uma devassa na vida íntima do futebolista, ao ser descrito, pela entrevistada, as condições de conceção e parto.

Invocaram um preceito da Lei de Imprensa no qual se estabelece, taxativamente: "Tratando-se de declarações corretamente reproduzidas, prestadas por pessoas devidamente identificadas, só estas podem ser responsabilizadas, a menos que o seu teor constitua instigação à prática de um crime."

Esta norma, cuja gestação acompanhei, tem uma história. Até à atual Lei de Imprensa, era cometida ao jornalista a função de filtro censor das declarações dos seus entrevistados. Se alguém numa entrevista mandasse umas bojardas contra terceiro e este quisesse pleitear a coisa em tribunal, o banco dos réus tinha de dar para dois: o entrevistado e o jornalista. Por isso, por pressão do Sindicato dos Jornalistas - e porque quem fazia as leis até sabia alguma coisa desta arte - foi criada a norma que isenta o jornalista de responsabilidades, exceto em caso de incitamento ao crime.


Ler Artigo Completo(Pág.1/5) Página seguinte
Patrocínio
 
4186Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
FERNANDA CÂNCIO

Na segunda-feira à noite, o humorista Jon Stewart fez um sketch sobre o conflito israelo-palestiniano: começava a falar e mal dizia a palavra "Israel" aparecia uma série de pessoas aos gritos a invetivá-lo...

NUNO AZINHEIRA

Os nomes que já se conhecem para o Conselho Geral Independente da RTP, Simonetta Luz Afonso, João Lopes, Manuel Pinto e Ana Lourenço, são de qualidade acima de qualquer suspeita. Homens e mulheres que...

JOSÉ MANUEL PUREZA

A LP da CP já era. Não, esta crónica não é sobre discos de vinil nem sobre comboios. É sobre uma organização internacional e sobre o sentido da sua existência.

PAULO PEREIRA DE ALMEIDA

Numa recente entrevista a um canal de televisão de informação, um dos principais humoristas portugueses - Herman José - criticava de forma velada a governação do Partido Social Democrata (PSD), concretamente...

FERREIRA FERNANDES

Há coisas que custam a engolir mas, pronto, tenho de aceitar. Eu já não tinha gostado da PJ a vasculhar os papéis nas minhas duas salas no Hotel Palácio, mas lá aceitei. Depois, quando o juiz me avisou...


A cidade e o nexo*

por Brassalano Graça, licenciado em Jornalismo

O DN está aberto à participação dos leitores. Use o email jornalismodecidadao@dn.pt para publicar online os seus artigos, fotos ou videos. Publique os seus SMS usando o número 96 100 200

Ver mais




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Acredita que Ricardo Salgado vai ter um julgamento justo?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper