Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Crise

Há que retomar o emprego

por Acácio Pinto  

Leitor alerta para a necessidade de políticas atrativas para o investimento estrangeiro, como medida para combater o desemprego.

O Governo permite aos desempregados em regime geral de Segurança Social que acumulem o subsídio ao salário se este lhe for inferior e assim possam conseguir emprego e regressar à vida ativa. Só que não basta para que o desemprego desça a números que sejam significativos como seria desejável. Será um remedeio e nada mais do que isso. A dimensão do problema é demasiado grande para que se resolva com medidas que mais não são do que meros paliativos. Também não adianta aumentar os impostos nem apenas cortar nas gorduras que ainda existem. Agravar novamente as taxas liberatórias sobre o capital como pretende a esquerda radical não faz qualquer sentido, porque fugiria para outros países onde mais rendesse. O que importa sobretudo é que se criem condições atrativas ao investimento estrangeiro, que sejam sustentáveis, e não faltaria quem cá quisesse vir investir. [...]


Patrocínio
 
952Visualizações
0Impressões
1 Comentário
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
NUNO SARAIVA

Se há coisas que me irritam são a indiferença, a desistência, a resignação, enfim, o marasmo. Vem isto a propósito de factos e acontecimentos que, nos últimos tempos, revelam o torpor que se apoderou dos...

LEONÍDIO PAULO FERREIRA

Quando os britânicos, aproveitando as Guerras Napoleónicas e a fuga de D. João VI para o Brasil, instalaram tropas em Macau em 1808, a reação do imperador Jiaqing foi imediata: retirem-se. Este episódio...

ANSELMO BORGES

No contexto dos debates à volta da entrada ou não da Turquia na União Europeia, o escritor turco Orhan Pamuk, Nobel da Literatura de 2006, fez, na sua recente visita a Lisboa, algumas considerações sobre...

FERREIRA FERNANDES

A Coreia do Norte surpreendeu-me. Pensei que um país que aceitava aquele penteado no seu presidente tinha sentido de humor a mais ou auto-estima a menos. Mas não, reagiu com pundonor e pirataria: Sony...

Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




A tragédia portuguesa

"Alegra-te género humano enfermo, porque chegou o remédio para os teus males, porque virá o sol da justiça que trará a saúde nas asas" - Padre António Vieira, século XVII. Este poderia ter sido o discurso...

Tomaz Albuquerque

O sucesso de Alberto da Ponte

 

Poiares Maduro é mais um jovem inexperiente que joga na equipa do "treinador" Passos Coelho. Quando tomou posse, manteve - e bem - o apoio a Alberto da Ponte e aos restantes administradores da RTP. Depois...

Manuel Alexandre, m.alexandre@chello.at

Os liberais e o Papa Francisco

 

(...) Tive o privilégio de, em 1964, ter assistido no Instituto Universitário dos Altos Estudos Internacionais de Genebra a algumas aulas do professor Wilhem Röpke. É considerado uma das figuras mais destacadas...



Raul Fernandes, rap_fernandes@hotmail.com

Para grandes males, grandes remédios

 

Os partidos políticos estão cada vez mais desacreditados e a população está descrente e desiludida com os sucessivos governos. Pensa-se que no seio da classe política a corrupção é generalizada.

Acácio Pinto, acaciomadpinto@gmail.com

Enfrentar a austeridade

 

Apesar da austeridade que os portugueses já suportaram, em consequência do memorando de entendimento, a austeridade não acabou e vamos ter de continuar a sentir-lhe os efeitos, qualquer que seja o governo...



 
Mário Pires Miguel

A extinção do Partido Socialista Francês

 

O primeiro-ministro francês, o Sr. Manuel Valls, propõe a mudança de nome do seu partido, o Partido Socialista Francês.

António J. M. Nunes da Silva, ajmnsilva@gmail.com

A taxa de António Costa e a resposta do CDS

 

A taxa de um euro que António Costa quer impor a turistas que entrem em Lisboa está deixando o CDS de cabeça perdida.


Ver Mais




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a prova de avaliação aos professores?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper