Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Crise

Há que retomar o emprego

por Acácio Pinto  

Leitor alerta para a necessidade de políticas atrativas para o investimento estrangeiro, como medida para combater o desemprego.

O Governo permite aos desempregados em regime geral de Segurança Social que acumulem o subsídio ao salário se este lhe for inferior e assim possam conseguir emprego e regressar à vida ativa. Só que não basta para que o desemprego desça a números que sejam significativos como seria desejável. Será um remedeio e nada mais do que isso. A dimensão do problema é demasiado grande para que se resolva com medidas que mais não são do que meros paliativos. Também não adianta aumentar os impostos nem apenas cortar nas gorduras que ainda existem. Agravar novamente as taxas liberatórias sobre o capital como pretende a esquerda radical não faz qualquer sentido, porque fugiria para outros países onde mais rendesse. O que importa sobretudo é que se criem condições atrativas ao investimento estrangeiro, que sejam sustentáveis, e não faltaria quem cá quisesse vir investir. [...]


Patrocínio
 
950Visualizações
0Impressões
1 Comentário
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
JOEL NETO

Publico no meu Instagram a foto de um crepúsculo lisboeta e as reacções não se fazem esperar: "Estás cheio de saudades de viver aí", "Se calhar chegou a hora de voltares" - coisas assim. Fez--me lembrar...

FERREIRA FERNANDES

Escrevi tanto contra esse toca e foge que, tendo José Sócrates na mira, indiciava um comportamento de hienas... Nunca confundi esse comportamento com a crítica política ou antipatia pessoal que muitos...

Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




Enfrentar a austeridade

Apesar da austeridade que os portugueses já suportaram, em consequência do memorando de entendimento, a austeridade não acabou e vamos ter de continuar a sentir-lhe os efeitos, qualquer que seja o governo...

Mário Pires Miguel

A extinção do Partido Socialista Francês

 

O primeiro-ministro francês, o Sr. Manuel Valls, propõe a mudança de nome do seu partido, o Partido Socialista Francês.

António J. M. Nunes da Silva, ajmnsilva@gmail.com

A taxa de António Costa e a resposta do CDS

 

A taxa de um euro que António Costa quer impor a turistas que entrem em Lisboa está deixando o CDS de cabeça perdida.



José Madureira, jmadureira.nefro@gmail.com

O ateísmo de Ian McEwan

 

Na entrevista publicada no DN do dia 8 de Novembro, Ian McEwan cita vários exemplos do Mal existente no mundo, que lhe serve de base para a negação de Deus, e resume assim a sua descrença: "Se reparamos...

ANTÓNIO CATITA

A vantagem alemã

 

As posições que Merkel e Schäuble têm tomado para com os países periféricos intervencionados indicia uma preocupação: deixar esses países francamente atrasados em relação à Alemanha. Com efeito, a austeridade...



 
Vítor Colaço Santos, mpolanah@gmail.com

As comissões parlamentares

 

A imprensa noticiou que as Comissões Parlamentares de Inquérito da Assembleia da República, presididas pela coligação PSD/CDS, têm sido inconclusivas.

Cândido Morais, c.morais.g.b@clix.pt

Representatividade parlamentar

 

Das recentes eleições na Ucrânia, relevo dois factos: zero deputados comunistas eleitos e dois boletins de voto para cada votante, para cada eleitor poder escolher o partido e o deputado.


Ver Mais




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Coleção DN 150 anos - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

A eliminação do Benfica das competições europeias vai obrigar o clube a vender jogadores em janeiro?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper