Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


As férias dos senhores deputados

por Tomaz Albuquerque, Lisboa  

Dá para acreditar? No total, este ano, os chamados representantes do povo português terão de férias 66 dias: Em julho, 17, agosto, 31 e em setembro 18, incluindo obviamente os fins de semana e os feriados! O que é espantoso, é que foram estes senhores, que aprovaram os cortes nos subsídios, a redução das férias de 25 para 22 dias úteis, como também a extinção de quatro feriados. Não discuto, nem me interessa, se estes senhores merecem ou não descansar [...] mais de dois meses, o que já discuto é que este país está completamente falido e para recuperar tem de aumentar, acima de tudo, os índices de produtividade. Também é do domínio público que mais de 80% dos deputados produzem "zero". Apenas se levantam ou se sentam para aprovar decretos-leis ou orçamentos! Os restantes 20%, que são sempre as mesmas caras, os líderes parlamentares e outros, sempre trabalham - os restantes, leem jornais ou passam pelas brasas - mas necessitam de descansar os tais mais de dois meses!


Patrocínio
 
2176Visualizações
1 Impressão
4Comentários
4Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


O próximo presidente

(...) O Presidente define o perfil do seu sucessor através de requisitos que ele próprio não preenche. Qual foi o seu papel na crise provocada pela demissão do "irrevogável" Portas, que afetou a imagem...

José Pimentel, jose.pimentel@gmail.com

Um dia no IMT

 

Tive a "infelicidade" de ter mudado de residência e, necessariamente, precisar de alterar a morada na minha carta de condução. Depois de ter feito esta alteração numa Loja do Cidadão, que foi relativamente...

ACÁCIO PINTO

A União Europeia deve sempre estar alerta

 

Apenas como cidadão atento e observador ao que se passa na Grécia, não me surpreende que o Syriza tivesse ganho as eleições.



António Catita

A estratégia da Grécia

 

O novo governo grego começou por anunciar que reassumia a sua independência, desligando-se da troika e decretando uma série de medidas, prometidas em campanha eleitoral, e destinadas a aliviar a base empobrecida...

João Salgado

A direita desorientada

 

A maioria PSD-CDS já concluiu que a derrota nas próximas eleições é certa, como, aliás, sucedeu nas duas últimas consultas populares. A dúvida é o tamanho do desastre. Por isso, os seus apoiantes desataram...



 
António Catita, antoniojscatita@sapo.pt

A tolerância a desaparecer dia após dia

 

Em um século de vida humana neste planeta sucedem-se os conflitos sangrentos e os sinais de barbárie, resultantes de diferenças exageradamente avolumadas, exploração e intransigências levadas ao radicalismo...

Santana-Maia Leonardo, santanamaia@outlook.pt

Portugal e Lisboa

 

A forma como o governo se prepara para fazer a distribuição dos fundos comunitários é ultravergonhosa. Mais uma vez, e seguindo à risca o roteiro do Bloco Central, o grosso da fatia vai ser engolida pela...


Ver Mais




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Btn EdMultimedia - Geral
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Acredita que Governo vai conseguir cortar 390 milhões em gastos no Estado até 2019??

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper