Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Parlamento

O estranho caso do PS e a moção de censura

por TOMAZ ALBUQUERQUE  

Leitor critica posição do PS afirmando que o seu líder tem de mudar.

Muito estranhamente, senão surpreendente, foi o PS, maior partido da oposição, a abster-se na moção de censura apresentada pelo PCP ao Governo. Porquê? A António José Seguro falta-lhe uma particularidade, como dizia Francisco Sá Carneiro; "Coragem." Ora o atual líder do PS nunca a teve, tem, ou terá - só tem uma obsessão, é ser primeiro-ministro, mais nada. Quanto à moção, só duas palavras - foi oportuna. E foi, porque o País está verdadeiramente em "coma", e não se espera que saia dela. Os argumentos apresentados por Passos Coelho, à intervenção de Jerónimo de Sousa, talvez a melhor de todas que já teve, não convenceram. Mas no fundo há uma realidade, nesta moção: o PS, o mais rapidamente, tem de mudar de líder, falta-lhe coragem. E uma coisa é certa: mais uma vez o nosso povo tomou conhecimento da grave [...] situação do País - que de certeza absoluta irá ter mais medidas de austeridade - face à queda das receitas fiscais. O tempo o dirá.


Patrocínio
 
536Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
JOSÉ MANUEL PUREZA

Menos de 10% da despesa mundial em investigação em saúde é dedicada aos mais graves problemas de saúde que afetam mais de 90% da população do mundo. As doenças negligenciadas - sejam as chamadas doenças...

JOEL NETO

Quanto a 5 para a Meia-Noite, agora cancelado (temporariamente, diz-se), nunca fui aquilo a que se chama um fã. Acontece-me vê-lo, porém - e, ao fim de oito temporadas e meia, creio ter uma ideia das suas...

FERNANDA CÂNCIO

Lembra-se da lei das rendas, bandeira do "reformismo estrutural" deste Governo? De como ia mudar tudo, "dinamizar o mercado", "introduzir justiça", "descomplicar"? Nunca mais ouviu falar dela, pois não...

FERREIRA FERNANDES

A Praça do Império tem brasões florais das ex-colónias no jardim. O vereador Sá Fernandes quer que sejam eliminados porque brasões de ex-colónias "estão ultrapassados". É um critério e está bem defendidoex...

Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





Mais "massa" para a banca

Leitor acusa Governo de dar mais apoios à banca do que aos contribuintes

Francisco José Casal Pina

Portugal, um Estado falhado

 

Portugal, sem emenda , está a dar à Europa a imagem de um Estado falhado. O País vai definhando na maior miséria, sem o crescimento de que tanto se fala. A emigração a manter-se em grande nível: a chegada...

Augusto Küttner de Magalhães

Um país sem conserto

 

O País está sem conserto e ninguém quer ajudar. (...) O Governo é muito mau, mas não há qualquer alternativa viável. A que pudesse haver, na oposição, não consegue de lá tirar os instalados que "só" querem...



Arlindo de Jesus Costa, arlindocosta44@gmail.com

Grammy de Carlos do Carmo

 

Carlos do Carmo elogiado pelo Grammy

Cândido Morais, c.morais.g.b@clix.pt

Atribuir responsabilidades

 

Leitor diz que situação atual se deve ao Governo que pediu a intervenção da troika, em 2011 A situação difícil que vivemos não é por causa da crise nem da troika, mas sim de quem provocou a crise e...



 
António J. M. Nunes da Silva, ajmnsilva@gmail.com

A escolha de Passos Coelho

 

Os eleitores portugueses preferiram o PS ao PSD para nos representar no Parlamento Europeu. Mas o primeiro-ministro não terá gostado da preferência e escolheu um filiado no PSD para comissário: Carlos...

António J. M. Nunes da Silva, ajmnsilva@gmail.com

Enganar as estatísticas

 

Um amigo meu, desempregado de longa duração, recebeu dia 06/08/14 uma notificação do Instituto do Emprego para declarar se desejava continuar inscrito para emprego. Deram-lhe o prazo de dez dias, a contar...


Ver Mais




PUB
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

O aumento das multas fiscais por infração simples podem ir até 15 mil euros. Concorda com a decisão do governo?

SIM
NÃO
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper