Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Crise

A grande queda das receitas fiscais

por TOMAZ ALBUQUERQUE  

Leitor critica endividamento do Estado e lamenta esforços exigidos aos contribuintes.

A queda das receitas fiscais, esta queda, foi a notícia da última semana. Ela é tão grande que o défice está, obviamente, em risco pelo que poderá acontecer? Ou haverá mais impostos ou, evidentemente, uma chamada folga no défice. Ora os portugueses, esgotados e cheios de impostos, escolherão a folga do défice... O Estado está, não há dúvida, cada vez mais endividado. E serão as autarquias, também elas endividadas, a sofrerem com isso. Não fosse a euforia e a alegria com a nossa seleção nacional, o aproximar das férias, mesmo [...] sem o subsídio, o nosso povo - cheio de preocupações, desemprego e já a trabalhar a troco de comida, pois prescinde dos seus salários - entraria numa depressão profunda. Entretanto, a D. Angela Merkel, apaixonada do futebol, lá apareceu a gritar e a aplaudir a seleção da Alemanha, contra uma Grécia cujo povo, e bem, a contesta. Resta-nos a nós, portugueses, se formos à final do Euro com a Alemanha, pôr a D. Angela triste... Deus queira quem sim!


Patrocínio
 
747Visualizações
0Impressões
1 Comentário
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




A direita desorientada

A maioria PSD-CDS já concluiu que a derrota nas próximas eleições é certa, como, aliás, sucedeu nas duas últimas consultas populares. A dúvida é o tamanho do desastre. Por isso, os seus apoiantes desataram...

António Catita, antoniojscatita@sapo.pt

A tolerância a desaparecer dia após dia

 

Em um século de vida humana neste planeta sucedem-se os conflitos sangrentos e os sinais de barbárie, resultantes de diferenças exageradamente avolumadas, exploração e intransigências levadas ao radicalismo...

Santana-Maia Leonardo, santanamaia@outlook.pt

Portugal e Lisboa

 

A forma como o governo se prepara para fazer a distribuição dos fundos comunitários é ultravergonhosa. Mais uma vez, e seguindo à risca o roteiro do Bloco Central, o grosso da fatia vai ser engolida pela...



Jorge Santos

O reconhecimento da Palestina

 

(...) O Parlamento Europeu reconheceu o Estado da Palestina, um passo histórico e fundamental na resolução do longo e sangrento conflito entre Israel e a Palestina. No mesmo dia, o Tribunal Geral da União...

TOMAZ ALBUQUERQUE

Um ano depois da tragédia da praia do Meco

 

Fez, no passado dia 15 de dezembro, um ano que perderam a vida seis jovens estudantes na praia do Meco.



 
Arlindo de Jesus Costa, arlindocosta44@gmail.com

A tragédia portuguesa

 

"Alegra-te género humano enfermo, porque chegou o remédio para os teus males, porque virá o sol da justiça que trará a saúde nas asas" - Padre António Vieira, século XVII. Este poderia ter sido o discurso...

Tomaz Albuquerque

O sucesso de Alberto da Ponte

 

Poiares Maduro é mais um jovem inexperiente que joga na equipa do "treinador" Passos Coelho. Quando tomou posse, manteve - e bem - o apoio a Alberto da Ponte e aos restantes administradores da RTP. Depois...


Ver Mais




PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Btn EdMultimedia - Geral
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Ministério da Saúde deveria reforçar incentivos a hospitais periféricos?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper