Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Polémica Leitor reflete sobre o uso feito...

Os famigerados cartões de crédito

por CARLOS DUARTE, LISBOA  

Não percebo a atual polémica acerca dos famigerados cartões de crédito usados pelos ministros de Portugal para pagamento de despesas de trabalho: na empresa privada onde trabalho, há mais de 20 anos que a todos os empregados com funções que o exijam é entregue um cartão de crédito, para pagamento das despesas de serviço no exterior, devendo o empregado depois entregar na contabilidade o recibo no final do mês. Um cartão de crédito é um meio de pagamento, nada mais, e se um empregado pagar despesas pessoais com ele isso é visto pelo contabilista. Com um ministro deve ser o mesmo: não passa pela cabeça de ninguém um ministro de Portugal ir a Bruxelas, por exemplo, e sacar de dinheiro vivo para pagar o hotel ou jantar, seria até um ato insensato . É lamentável que, por motivos meramente de política baixa, se levantem polémicas que só servem para afastar o Povo dos verdadeiros problemas e da política. E é pena que sejam os juízes, que deveriam ter juízo, a levantá-la. (..)


Patrocínio
 
1031Visualizações
49Impressões
2Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
NUNO AZINHEIRA

1 - A Benfica TV veio ontem explicar que não transmitiu por completo a festa do Sporting, à custa do Benfica, na final da Taça de Honra porque não tinha tempo suficiente de satélite e, por isso, interrompeu...

FERREIRA FERNANDES

A cidade Dresden foi arrasada em dois dias de 1945 e esse horror não faz uns, bons, os carbonizados cidadãos alemães, e os outros, maus, os aviadores americanos. Duplamente do lado errado (porque preso...

BAPTISTA BASTOS

As coisas parecem indicar que, no próximo dia 23, a CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), na cimeira de Timor, vai ter o seu requiem. Cabisbaixos e servis, os governos dos países que constituíam...

Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





Cortar no que dá prejuízo não é solução

Privatização Leitor defende que transportes não podem obedecer só ao imperativo do lucro

Mário Pires Miguel, mpiresmiguel@sapo.pt

O BE com problemas da adolescência

 

O Bloco de Esquerda está com problemas próprios da adolescência. Está com dificuldade em se definir no contexto político nacional. As dúvidas, cisões e abandonos refletem esse estado. Há os que querem...

Francisco José Casal Pina

Os erros já reconhecidos por Juncker

 

Leitor elogia primeiras declarações de Juncker.



Carlos Leal

As causas da quebra da natalidade

 

Na comunicação social tem estado em foco a fraca demografia do nosso país. Curiosamente, são dissecados os efeitos mas nunca as causas. Para os mais velhos, entre os quais me encontro, tudo isto é fruto...

VÍTOR COLAÇO SANTOS

Resgate nacional salvou alemães e franceses

 

A Comissão Europeia revelou que os europeus já tinham gasto 4,5 biliões de euros para salvar o sistema financeiro na Europa! Agora, Philippe Legrain,ex-conselheiro de Durão Barroso (não, não é esquerdista)...



 
VÍTOR COLAÇO SANTOS

O Governo e o combate à economia paralela

 

O Estado tem a obrigação de afrontar, desmantelar e punir a fraude e a evasão fiscal. Não o fazendo, prescinde de avultadas receitas que serviriam também para poder responder aos direitos sociais ou à...

Francisco Ramalho

As faltas da comunidade internacional

 

O que se passa na Palestina é bem revelador do miserável estado a que este mundo chegou. Um país que ilegalmente e impunemente ocupa e, sistematicamente, destrói outro sob os mais falsos pretextos. Ainda...


Ver Mais




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100
Epaper

PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda que professores sejam avaliados através de uma prova?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper