Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Polémica Leitor reflete sobre o uso feito...

Os famigerados cartões de crédito

por CARLOS DUARTE, LISBOA  

Não percebo a atual polémica acerca dos famigerados cartões de crédito usados pelos ministros de Portugal para pagamento de despesas de trabalho: na empresa privada onde trabalho, há mais de 20 anos que a todos os empregados com funções que o exijam é entregue um cartão de crédito, para pagamento das despesas de serviço no exterior, devendo o empregado depois entregar na contabilidade o recibo no final do mês. Um cartão de crédito é um meio de pagamento, nada mais, e se um empregado pagar despesas pessoais com ele isso é visto pelo contabilista. Com um ministro deve ser o mesmo: não passa pela cabeça de ninguém um ministro de Portugal ir a Bruxelas, por exemplo, e sacar de dinheiro vivo para pagar o hotel ou jantar, seria até um ato insensato . É lamentável que, por motivos meramente de política baixa, se levantem polémicas que só servem para afastar o Povo dos verdadeiros problemas e da política. E é pena que sejam os juízes, que deveriam ter juízo, a levantá-la. (..)


Patrocínio
 
1064Visualizações
49Impressões
2Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
FERREIRA FERNANDES

Em 2012, Armindo, de 27 anos, estudante de Criminologia, confessou que matou a tia Odete. Na reconstituição foi filmado e há foto do rapaz debruçado a segurar um pano. Legenda num jornal: "Armindo mostra...

Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





A "propaganda" do Governo ao Orçamento de Estado para 2015

A visita do secretário-geral da OCDE, com o relatório sobre Portugal, e a visita da 'troika' que já não manda, com apresentação de novas medidas para empobrecimento e emagrecimento do Estado Social, estão...

Artur Canha da Piedade, arturcpiedade@gmail.com

A principal questão antes das próximas legislativas

 

60 mil milhões de euros. É este o valor total de juros que o País tem de pagar entre 2014 e 2020, segundo noticiou o DN.

João Salgado, montessalgado@gmail.com

Recusas sem convite

 

O PS e António Costa dispararam nas sondagens, causando um colossal alvoroço entre os seus tradicionais adversários.



António J. M. Nunes da Silva

Meias verdades

 

O ministro da Solidariedade disse que o aumento (...) de emprego faz aumentar a receita de IRS. Como, se a esmagadora maioria dos postos que se criam serão pagos a salário mínimo ou a rondá-lo? Esses...

Aristides Teixeira, aristidesteixeira@gmail.com

As greves do Metropolitano de Lisboa

 

Os trabalhadores do Metro de Lisboa têm direito a fazer greve. Ponto.



 
Maria João Cavaco, mariajoao.mjm@gmail.com

O jornalismo está mais pobre

 

É comum ouvirmos por aí que o jornalismo está cada vez mais pobre e que os seus valores se vão perdendo. Alguns consideram até que o jornalismo está em risco. É uma profissão em risco que tende a desaparecer.

Ernesto Silva

O mérito de Zeinal Bava

 

Zeinal Bava foi condecorado pelo presidente da República, Cavaco Silva, em 10 de junho de 2014, com a grã-cruz da Ordem de Mérito Empresarial.


Ver Mais




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Acha que nestes anos de crise tem vindo a poupar?

Mais
Menos
Ou a mesma coisa
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper