Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Polémica Leitor reflete sobre o uso feito...

Os famigerados cartões de crédito

por CARLOS DUARTE, LISBOA  

Não percebo a atual polémica acerca dos famigerados cartões de crédito usados pelos ministros de Portugal para pagamento de despesas de trabalho: na empresa privada onde trabalho, há mais de 20 anos que a todos os empregados com funções que o exijam é entregue um cartão de crédito, para pagamento das despesas de serviço no exterior, devendo o empregado depois entregar na contabilidade o recibo no final do mês. Um cartão de crédito é um meio de pagamento, nada mais, e se um empregado pagar despesas pessoais com ele isso é visto pelo contabilista. Com um ministro deve ser o mesmo: não passa pela cabeça de ninguém um ministro de Portugal ir a Bruxelas, por exemplo, e sacar de dinheiro vivo para pagar o hotel ou jantar, seria até um ato insensato . É lamentável que, por motivos meramente de política baixa, se levantem polémicas que só servem para afastar o Povo dos verdadeiros problemas e da política. E é pena que sejam os juízes, que deveriam ter juízo, a levantá-la. (..)


Patrocínio
 
1016Visualizações
49Impressões
2Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
BAPTISTA-BASTOS

A memória luminosa desses dias eles não nos conseguem tirá-la. Há qualquer coisa de sagrado nesse regresso: perdida a juventude, perdida a religião, emergia uma espécie de salvação individual em cada um...

VASCO GRAÇA MOURA

As posições contraditórias quanto às eleições europeias e seus resultados sucedem-se no nosso ramerrame politico e mediático. Ninguém se entende, embora seja de supor que os partidos do arco da governação...

NUNO AZINHEIRA

O Benfica é o clube que faz vender mais jornais, é o que dá mais audiências televisivas. Ano após ano, e quando os jogos da Liga eram exibidos em sinal aberto, a regra não contemplava exceções. Acredito...

FERREIRA FERNANDES

No aeroporto, o polícia olhou para o passaporte, olhou para o gordo com cara de bem não transacionável e disse-lhe: "Quer uma entrada limpa?" O gordo não percebeu. O polícia: "É que se há saídas limpas...

Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





Os jogos eleitoralistas

Leitor acredita que maior peso da esquerda no poder melhoraria a governação.

ACÁCIO PINTO, ACACIOMADPINTO@GMAIL.COM

Dinheiro mal aplicado não rende

 

Leitor faz votos por utilização eficaz dos fundos europeus

Tomaz Albuquerque

Que se passa com Pinto da Costa?

 

Por isto e por aquilo, e se calhar até por motivos de saúde, Pinto da Costa está muito diferente. Aqui há meia dúzia de anos, se o FC Porto já tivesse perdido o campeonato, sido eliminado da Liga Europa...



José Madureira - jmadureira,nefr@gmail.pt

A pedrada no charco

 

Ao propor a exclusividade de funções dos deputados, o BE deu um passo importante para o saneamento da partidocracia. No pântano político criado pelos três partidos de direita, que não têm ideias sobre...

António Catita, antoniojscatita@sapo.pt

Crise, consenso e eleições

 

A crise não está para acabar. Governo, PR e FMI apontam para continuação da austeridade por mais de 20 anos. E mesmo para essa situação pretendem consenso dos maiores partidos políticos. Ora, tal realidade...



 
Augusto Küttner

A Europa à venda a retalho

 

Leitor critica rumo político europeu, ao permitir vultuosas aquisições e concessão de privilégios a entidades exteriores

Arlindo de Jesus Costa, arlindocosta44@gmail.com

Um belo exemplo para muitos "calhaus"

 

Hoje não vou escrever sobre política (...). E a razão é também a entrevista feita pela jornalista Patrícia de Jesus no DN (15/4) e que me tocou de forma especial. Aliás, a foto que acompanha o trabalho...


Ver Mais




PUB
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100

Especiais

Recuar
Avançar
Amazing Romance in Thailand - DN Destaque (Participação)
25 Abril Concurso de Fotografia
Epaper

PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Considera que os pais deviam ser obrigados por lei a aceitar a vacinação dos filhos com as vacinas incluídas no plano nacional?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper