Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Ferreira Fernandes

Não dá jeito? Apague-se a notícia

por Ferreira Fernandes  

Há dias, a NBC, a transmissora televisiva oficial dos JO de Londres para os Estados Unidos, cortou as imagens da queda de Ksenia Afanasyeva, ginasta da equipa russa. A NBC não transmite em direto a maioria das provas, edita-as antes e passa-as quando a audiência lhe interessa. Naquele dia, as equipas americana e russa disputavam o ouro e a desdita de Afanasyeva tirou o suspense ao resultado - a solução da NBC foi apagar a imagem da ginasta a cair no tapete e, entretanto, ir continuando com o interesse dos telespectadores estimulado (e boas audiências e receitas publicitárias...), até chegar ao clímax da vitória americana. Aquela coisa de nome que seria irónico se não fosse ignóbil, reality TV, TV-realidade, isto é, vida falsa apresentada como verdadeira, haveria de dar nisto: mostre-se o que dá mais jeito, apague-se o que incomoda. Provavelmente é o que sempre houve, aqui e ali, em telejornais, jornais e livros de história - a verdade sempre sendo a dos vencedores e poderosos -, mas nas transmissões desportivas é possível confirmar (como foi agora o caso, com a NBC) o tamanho do despudor. Amanhã, ainda não saindo do âmbito desportivo, não se mostram os golos sofridos pela nossa equipa, para garantir o telespectador no sofá até ao fim do jogo. E, no futuro, não serão anunciados os resultados eleitorais até que estes deem certo... A caixinha que mudou o mundo pode ganhar apetite e mudar-nos mais do que gostaríamos.


Patrocínio
 
3368Visualizações
5Impressões
6Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
MÁRIO SOARES

Os cientistas que conhecem o que se passa nos oceanos - Atlântico e Pacífico - sabem o que está a acontecer de novo e que é talvez ainda pior do que foi no ano passado: as areias das praias, seguramente...

JOEL NETO

Este ano não vou usar o Excel para desenhar a horta. Já não se poderão lamber os carreiros, e é provável que também já não lhe tire tantas fotos.

VIRIATO SOROMENHO-MARQUES

Escrever sobre política nos dias que correm é correr o risco permanente da náusea sucessiva. Numa altura em que Portugal vive a maior crise existencial desde as invasões francesas (é uma tese que mantenho...

PEDRO TADEU

O primeiro-ministro afirma: "Não tinha consciência de que essa obrigação era devida." A frase refere-se ao período, entre 1999 e 2004, em que Passos Coelho trabalhou a recibos verdes por 2500 euros mensais...

FERREIRA FERNANDES

Eli Gold é homem-sombra de políticos. Sabido e sabedor, põe as mais difíceis perguntas às personalidades que serve - e estas deixam-se conduzir por ele. Se Passos Coelho tivesse um Eli Gold não teria dito...


Treinador de bancada

por José Baptista Roque, jbrgenesis@gmail.com

O DN está aberto à participação dos leitores. Use o email jornalismodecidadao@dn.pt para publicar online os seus artigos, fotos ou videos. Publique os seus SMS usando o número 96 100 200

Ver mais
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password







PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Btn EdMultimedia - Geral
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Ficou satisfeito com as explicações que Passos Coelho deu sobre a dívida à Segurança Social?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper