Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


NUNO AZINHEIRA

Fatura discriminada

por NUNO AZINHEIRA  

Admito que caí de para-quedas, mas o que vi não me agradou. Eram quase 13.00 e a RTP 1 estava em direto de Mafra, na primeira parte do seu Verão Total. Os apresentadores do dia eram Tânia Ribas de Oliveira e Francisco Mendes e ambos conversavam com um convidado. Não precisei do oráculo. _O convidado era um dos dinossauros autárquicos de Portugal, José Ministro dos Santos, presidente da Câmara Municipal de Mafra desde 1985, e que vai já, se não me falham as contas, _no seu sétimo mandato. _As perguntas eram fofinhas. Todas. Desde "a sua valiosa obra" ao "trabalho dedicado", passando pelo "muito que foi feito no concelho". _A páginas tantas, o autarca lembra com saudades os dois anos em que lecionou, uma experiência que, disse, foi "muito gratificante". Tânia Ribas de Oliveira aproveita o mote e faz-lhe a pergunta (mais ou menos por estas palavras): "Até por ter passado uma grande parte da sua vida como professor, é natural que dedique grande carinho à educação aqui em Mafra." Dois anos. "Uma grande parte da sua vida." Ministro dos Santos, experiente, nem pestanejou. "Sim, claro, a educação blá blá blá..." A pouco mais de um ano de eleições autárquicas, Ministro dos Santos e o PSD não poderiam ter desejado melhor tempo de antena.

Eu sei que o Verão Total em Mafra foi mais do que isto. Foram tradições locais, foi artesanato, foram crianças e idosos, foram vivências locais e música popular. E sei também que estas operações televisivas são pesadas de montar e correspondem ao interesse que as autarquias depositam na presença da TV nos seus concelhos. Não há almoços de borla, é verdade. Mas a fatura escusava de ser assim. Tão discriminada...


Patrocínio
 
2082Visualizações
2Impressões
3Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
JOEL NETO

Um dia destes, o meu sobrinho pediu-me para lhe fazer o nó a uma gravata. Pôs o seu ar mais convencido e esticou-me a gravatinha azul da filarmónica, com um trejeito negligée que Miguel Ângelo poderia...

MÁRIO SOARES

O mundo continua a conhecer situações muito difíceis. Tudo tem vindo a modificar-se aceleradamente. As guerras inter-Estados nunca foram tantas como agora e tão graves. Os oceanos, tanto o Pacífico como...

PEDRO TADEU

Ernesto mostrou a convocatória à funcionária: "a senhora diretora chamou-me para uma reunião", informou. "Ah, estava convencida que não aparecia...", respondeu-lhe ela, expressão vaga, a desviar o olhar...

FERREIRA FERNANDES

Como diz Ralf Herrenbrük, o procurador que investiga o desastre: "Por favor, compreendam que o procurador do Estado não pode nem quer especular sobre os motivos do falecido co-piloto." E concluiu: "As...


Portugal não é a Baviera

por Vítor Colaço Santos, cyntrascrita@hotmail.com

O DN está aberto à participação dos leitores. Use o email jornalismodecidadao@dn.pt para publicar online os seus artigos, fotos ou videos. Publique os seus SMS usando o número 96 100 200

Ver mais

NUNO AZINHEIRA

Big Brother socialista

por NUNO AZINHEIRA

 

Nos últimos três meses, a televisão assistiu em direto ao interior de um partido. Um verdadeiro reality show, centrado em dois protagonistas, António José Seguro e António Costa, onde não faltaram os grupos...


Ver Mais




PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Que avaliação faz ao combate ao crime em Portugal?

Muito positiva
Positiva
Negativa

Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper