Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Bruno Pires
FC Porto

Opções discutíveis e um possível herói

por Bruno Pires  

Contratar Lucho e dispensar Belluschi e Guarín. Dar guia de marcha e garantirJanko que não joga na Liga Europa. O que fazer com Danilo e... Alex Sandro?

Confesso que não estava à espera que André Villas-Boas causasse um efeito parecido à saída de José Mourinho. E estou surpreendido. Mas mais espantado fico quando estão decorridos seis meses da temporada 2011/12 e o FC Porto teima em tomar opções discutíveis.

Depois de ter contratado, não se sabe bem para quê, Danilo, Alex Sandro e Mangala e de não ter inscrito Walter na Liga dos Campeões, a SAD portista decidiu prescindir (por empréstimo, note-se) Guarín e Belluschi. Como Miguel Sousa Tavares disse, e bem, como será se Lucho se lesionar? A resposta é simples: restam para o meio-campo Fernando, Souza, João Moutinho e Deffour, que tarda em mostrar porque foi contratado.

O argentino é uma mais-valia, sem dúvida; no aspeto desportivo, financeiro e emocional. Mas havia outros problemas a resolver que não foram solucionados. Nem a premente obrigação de fazer dinheiro parece ser um bom argumento. Se havia que vender por que não deixar sair Alvaro Pereira e criar espaço para Alex Sandro, que custou mais de 9 milhões de euros?

Em resumo, a época foi mal planeada, os remendos foram mal feitos, no entanto, por incrível que possa parecer, o FC Porto ainda pode ser campeão. A acreditar na interferência diminuta de Vítor Pereira na escolha de jogadores, o técnico ainda tem a possibilidade de terminar o ano desportivo como um verdadeiro herói.


Patrocínio
 
6734Visualizações
0Impressões
14Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
ALBERTO GONÇALVES

Na sexta-feira, os deputados do Bloco de Esquerda levantaram cartazes em que se lia "Solidariedade com a Grécia". Como se o gesto não fosse suficientemente engraçado, submeteram em simultâneo à Assembleia...

PAULO BALDAIA

Se tivesse de explicar, a um extraterrestre acabado de chegar à Terra, o que se está a passar, diria que toda a gente quer a Grécia fora do euro, mas ninguém assume a verdade. Se não é isto, é isto que...

PEDRO MARQUES LOPES

1 Qualquer que seja o resultado do referendo, ninguém sabe o que acontecerá, na Grécia e na Europa, no futuro próximo. De toda a forma, é evidente que as consequências imediatas do referendo na Grécia...

VIRIATO SOROMENHO-MARQUES

Na literatura ou no cinema é conhecido um efeito de terror eficaz: a transformação do que é familiar em estranho, do que é amigável em hostil. Na vida política europeia está a suceder o mesmo. A Reuters...


Portugal à frente?

por Carlos Pernes, carlosapernes@sapo.pt

O DN está aberto à participação dos leitores. Use o email jornalismodecidadao@dn.pt para publicar online os seus artigos, fotos ou videos. Publique os seus SMS usando o número 96 100 200

Ver mais

BRUNO PIRES

Uma madrugada arduamente negociada

por BRUNO PIRES

 

Há coisas que não se esquecem. A madrugada em que Carlos Lopes se sagrou campeão olímpico é uma delas. Tinha quase nove anos e recordo--me que ficar acordado após as 22.00 era conquista que requeria uma...


Ver Mais





PUB

NOTÍCIAS Mais VISTAS
Conferencias Na Caixa 15 - DN destaque

Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Btn EdMultimedia - Geral



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Quem vai ganhar o referendo na Grécia?

Não - Oxi
Sim - Nai
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper