Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


internacional

Cenas de sexo rápido nas praças de São Paulo

 

A polícia de São Paulo tem pela frente um novo desafio representado por casais que se encontram num local público central, previamente combinado, e mantêm no interior de um veículo uma relação sexual rápida à frente de terceiros.

Esta prática que se está a generalizar em São Paulo e noutras cidades do Brasil, é comum na Grã-Bretanha, onde os círculos de interessados ultrapassam já os 20 mil, segundo o Diário de S. Paulo.

A situação envolve em regra pessoas totalmente nuas que conduzem automóveis, de onde uma delas sai para o veículo do parceiro, mantendo relações o mais rápidas possíveis perante uma plateia, dos quais muitos dos seus membros foram previamente avisados da realização de tal evento. Daí, a designação de dogging para esta actividade, que implica estar atento para se aperceber do local e momento em que se realiza o acto sexual.

Aquele decorre principalmente à hora de ponta, em que os engarrafamentos e aumento de movimento de pessoas e veículos ajudam a justificar atrasos e servem, por outro lado, de plateia potencial.

As autoridades brasileiras já recensearam centenas de grupos de adeptos de dogging no país, dando o diário da cidade paulista antes referido o exemplo do site Dogging in Sampa, em que os participantes elaboram sobre esta prática, que atrai, como seria previsível, inúmeros voyeurs.


Ler Artigo Completo(Pág.1/3) Página seguinte
Patrocínio
 
0Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Polícia deve vigiar megaencontros marcados pelo Facebook como o do Vasco da Gama?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper