Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


internacional

Escravas sexuais contam a sua história de horror

 

Exposição em Tóquio revela abusos do exército japonês durante a guerra

Kiyoko Furusawa conta histórias de terror que ainda hoje assombram as mulheres de Timor-Leste, como a de Marta Abu Bere que, durante a ocupação japonesa do país (1942 a 1945), chegou a ser violada por dez militares diferentes por noite, todas as noite. Destino idêntico - a escravidão sexual - tiveram pelo menos 270 mulheres de Timor-Leste levadas pelo exército.

"Muitas delas eram muito jovens, nem sabiam o que era o sexo e por isso tinham muito medo. Para além de terem relações com os soldados durante a noite, eram forçadas durante o dia a construir estradas, a trabalhar na agricultura e a fazer comida", contou a professora da Universidade Cristã das Mulheres de Tóquio ao jornalista da Lusa, Rui Boavida. "A 'avó' Marta disse que nessa altura até tinha inveja dos animais domésticos. Eles podiam dormir durante a noite", refere Furusawa. "Diversas mulheres que recusaram a escravidão e as torturas sexuais foram executadas."

A professora é a organizadora da exposição em Tóquio sobre o sistema de escravatura sexual do Japão em Timor, que se baseia na recolha, por parte de organizações de direitos humanos, de testemunhos orais das mulheres, fotografias e relatos de sobreviventes e testemunhas - incluindo três veteranos de guerra.

As forças japonesas entraram em Timor-Leste em Fevereiro de 1942 para expulsar as forças australianas que tinham ocupado o território em Dezembro de 1941, violando a neutralidade da então colónia portuguesa. "Localizámos já 20 postos onde o exército estabeleceu as chamadas 'estações de conforto'. É altamente provável que existisse uma por cada um dos 27 postos que existiam em Timor em 1944. Mas podiam ser mais. Cada um tinha pelo menos 10 raparigas", conta Furusawa.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
0Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a escolha de Carlos Moedas para comissário europeu?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper