Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


cidades

Açude insuflável de Abrantes já é "case study"

por

MÁRIO RUI FONSECA, Abrantes  

O açude insuflável construído no rio Tejo na zona de Abrantes, um investimento na ordem dos 10,5 milhões de euros, está a despertar a curiosidade de muita gente de norte a sul do País. Os departamentos de engenharia e hidráulica de várias universidades enviaram ali técnicos e estudantes para analisar esta obra, que se tornou um verdadeiro case study.

"É que comportas insufláveis não existem em lado nenhum", diz Nelson de Carvalho (PS), presidente da câmara, explicando que nas universidades só se estudam as comportas clássicas. "Estas são as únicas insufláveis em todo o País", diz sem esconder uma ponta de vaidade.

A obra de engenharia hidráulica tem gerado tantas solicitações de visitas guiadas que chegam a exasperar Fernando Rente, responsável pelo acompanhamento da obra. "Não conseguimos dar resposta a todos os pedidos que nos chegam", admite. O engenheiro conta mesmo que há poucos dias teve de juntar numa só visita os alunos e docentes de Engenharia Civil de quatro instituições do ensino superior - Universidade de Aveiro e Politécnicos de Tomar, Leiria e Aveiro. "Todos num só dia, veja bem", espanta-se Fernando Rente.

O açude insuflável mobiliza ainda representantes de várias entidades políticas e empresariais do distrito de Santarém, interessados em ver o resultado da requalificação e as dinâmicas que estão a ser geradas, amantes de desportos náuticos e especialistas do ramo da hidráulica movidos pela curiosidade de apreciar a obra de tecnologia de ponta que a autarquia abrantina importou do Japão.

A câmara, perante o volume de visitas, viu-se mesmo na contingência de lançar vários alertas lembrando o facto de não haver sinalização na zona da obra e afirmando que não se responsabiliza por qualquer ocorrência ou eventuais danos. Atendendo a que no local da obra não estão ainda implantados os sistemas de segurança, aviso e alerta, as comportas deverão manter-se desinsufladas até à data da inauguração oficial do açude, a 16 de Junho, nas festas da cidade.|


Patrocínio
 
0Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Acredita que a Justiça ficará mais eficaz com o novo mapa judiciário?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper