Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


cidades

Câmara arrasa venda ambulante 'permanente' à beira da estrada

por

JOÃO BAPTISTA, Santarém  

A Câmara Municipal de Santarém mandou avançar as retroescavadoras para arrasar com as barracas ilegais de venda de fruta instaladas à beira da Estrada Nacional n.º 3, à entrada da cidade, na Portela das Padeiras. O objectivo é devolver dignidade e segurança a esta entrada da cidade, mas os vendedores queixam-se da falta de tolerância da autarquia presidida por Francisco Moita Flores.

A família Simões instalou-se com uma banca de fruta há cerca de seis anos, à beira da EN3, junto à famosa Quinta dos Anjos, onde se realizou o casamento de Catarina Furtado. Mas o que era uma venda ambulante passou há cerca de quatro anos a um espaço comercial fixo onde a família Simões escoa a sua produção de morangos, melões, hortaliças, laranjas, assim como outras frutas e legumes que adquirem no mercado grossista. "Já temos os nossos clientes habituais e com esta posição da câmara vamos sofrer um grande prejuízo, pois temos cerca de 200 caixas de morangos apanhados que, se não vendermos, vão estragar-se", afirma Samuel Simões, que trabalha com o pai, a mãe e o irmão, nesta venda de fruta.

A autarquia alega razões de segurança rodoviária, a dignidade da entrada da cidade e o cumprimento da normas de higiene e segurança alimentar. "Sempre estivemos dispostos a cumprir as ordens da câmara e comprámos uma casa com um terreno, um pouco mais adiante nesta mesma estrada, por 70 mil euros, para instalar um comércio com todas as condições", afirma Jorge Simões. Só que, adianta, "a burocracia na Câmara de Santarém tem atrasado a aprovação do projecto e nós não podemos parar o negócio, pois é daqui que tiramos os quatro ordenados".

Samuel Simões fala num "prejuízo de dois a três mil euros, só na barraca demolida, sem contar com o negócio que deixámos de poder fazer desde sexta-feira e os produtos que tivemos de atirar fora".

Conformado, está agora empenhado em fazer tudo para que as obras do novo espaço comercial possam ficar prontas o mais depressa possível.|


Patrocínio
 
0Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a aproximação entre Estados Unidos e Cuba?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper