Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


internacional

Vaticano decreta o fim do limbo para as crianças

por

ABEL COELHO DE MORAIS  

O Papa Bento XVI aprovou ontem as conclusões de uma Comissão Teológica Internacional que põe fim ao conceito de limbo, o lugar onde as crianças mortas não baptizadas permaneciam na eternidade, sem possibilidade de comunhão com Deus.

A decisão papal conclui vários anos de estudo sobre o conceito de limbo, considerado por aquela comissão como baseado numa "concepção excessivamente restrita da salvação", pode ler-se nas suas conclusões.

Em 1984, o então cardeal Ratzinger afirmara pronunciar-se, "a título pessoal", pelo fim da "hipótese" de existência do limbo.

O documento assevera que Deus é misericordioso e deseja "a salvação de todos os seres humanos", existindo "fortes bases teológicas e litúrgicas para esperar que, uma vez mortos, os bebés não baptizados são salvos". Desde a Idade Média, ainda que não sob a forma de dogma, o limbo era apresentado na doutrina como um lugar entre o paraíso e o inferno onde permaneciam as crianças mortas sem baptismo.

As decisões da comissão correspondem, de algum modo, ao consagrado no Catecismo da Igreja Católica em vigor, onde se refere estarem à mercê da misericórdia divina as crianças mortas sem baptismo. A comissão considera que este é um tema a urgir uma resposta urgente, atendendo ao número crescente de não baptizados e à percepção da incompatibilidade entre um Deus misericordioso e a radical exclusão da possibilidade de comunhão com Ele dos mortos sem pecado.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
0Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Praxes abusivas devem ser criminalizadas?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper