Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


internacional

Libertação de espião divide Egipto

por

lumena raposo  

Israel e o Egipto procederam, ontem, a uma troca de prisioneiros num sinal evidente de uma melhoria das relações entre os dois países. Mas a iniciativa está a provocar duras críticas no Egipto onde o Governo de Hosni Mubarak chega a ser acusado de estar a vender a honra nacional por «um preço vil».

Uma das razões das críticas egípcias prende-se com o facto de a troca de prisioneiros - um espião árabe israelita por seis estudantes egípcios - ocorrer pouco depois de três soldados egípcios terem sido mortos pelos israelitas em Rafah sem que o Cairo tenha reagido.

«Esta troca faz parte do aviltamento e da desonra do Egipto e dos árabes pelos israelitas» e inscreve--se no «quadro da rendição egípcia aos americanos e aos israelitas», afirmou Eddine Daud, chefe do partido nasseriano.

O secretário-geral do partido Tamague (marxista, nasseriano) insurgiu-se também contra a «libertação gratuita do espião israelita». Hussein Abdel Razek avançou mesmo que «nada pode justificar este presente a Israel quando este Estado acentua a sua agressão contra os palestinianos e os árabes.»

Razek vai ao ponto de considerar «estranho que o Governo egípcio não tenha utilizado o incidente dos três polícias em Rafah para obter a libertação dos estudantes».


Ler Artigo Completo(Pág.1/3) Página seguinte
Patrocínio
 
0Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Acha que nestes anos de crise tem vindo a poupar?

Mais
Menos
Ou a mesma coisa
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper