Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


internacional

Libertação de espião divide Egipto

por

lumena raposo  

Israel e o Egipto procederam, ontem, a uma troca de prisioneiros num sinal evidente de uma melhoria das relações entre os dois países. Mas a iniciativa está a provocar duras críticas no Egipto onde o Governo de Hosni Mubarak chega a ser acusado de estar a vender a honra nacional por «um preço vil».

Uma das razões das críticas egípcias prende-se com o facto de a troca de prisioneiros - um espião árabe israelita por seis estudantes egípcios - ocorrer pouco depois de três soldados egípcios terem sido mortos pelos israelitas em Rafah sem que o Cairo tenha reagido.

«Esta troca faz parte do aviltamento e da desonra do Egipto e dos árabes pelos israelitas» e inscreve--se no «quadro da rendição egípcia aos americanos e aos israelitas», afirmou Eddine Daud, chefe do partido nasseriano.

O secretário-geral do partido Tamague (marxista, nasseriano) insurgiu-se também contra a «libertação gratuita do espião israelita». Hussein Abdel Razek avançou mesmo que «nada pode justificar este presente a Israel quando este Estado acentua a sua agressão contra os palestinianos e os árabes.»

Razek vai ao ponto de considerar «estranho que o Governo egípcio não tenha utilizado o incidente dos três polícias em Rafah para obter a libertação dos estudantes».


Ler Artigo Completo(Pág.1/3) Página seguinte
Patrocínio
 
0Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Que avaliação faz ao combate ao crime em Portugal?

Muito positiva
Positiva
Negativa

Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper