Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


nacional

Portas satisfeito com o fim do SMO

por

E. M.*  

O ministro de Estado, da Defesa Nacional e dos Assuntos do Mar, Paulo Portas, congratulou-se on-tem com a efectiva extinção do serviço militar obrigatório (SMO) mas alertou que a profissionalização das Forças Armadas é um desafio permanente.

«A profissionalização das Forças Armadas é um desafio de todos os anos», acentuou Paulo Portas, numa conferência de imprensa convocada em cima da hora para assinalar o dia em que acabou, formalmente, o SMO. O serviço militar obrigatório terminou, na prática há cerca de dois meses, tendo o facto sido então assinalado pelo Estado--Maior do Exército e pelo Governo, conforme o DN noticiou.

De acordo com o ministro, 19 de Novembro de 2004 é «uma data única na história da instituição militar e uma data relevante para o Estado-Nação que é Portugal».

Paulo Portas lembrou que em Portugal o caminho para a profissionalização foi feito sem rupturas relativamente à capacidade operacional das Forças Armadas, ao contrário do que aconteceu com vários aliados europeus. «A transição para o soldado profissional foi feita com segurança, não houve qualquer ruptura na capacidade operacional das Forças Armadas», sublinhou.

O ministro realçou o facto de o SMO ter acabado com antecedência (há quase dois meses) relativamente ao prazo previsto, o que, disse, contraria as «opiniões dos cépticos» e «fica bem ao Estado».


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
0Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB

Especiais

Recuar
Avançar
EntrepostoCRP SemanaCliente - DN 300x100
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

O PS devia dizer já como reestruturar a dívida?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper