Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


economia

Idade de reforma cresce um a dois anos até 2030

por

MANUEL ESTEVES  

Quem começar a descontar agora trabalha até aos 68

Os trabalhadores que se encontram actualmente a meio da sua carreira e que tencionam reformar-se em torno de 2030 vão ter de descontar mais um a dois anos para anular o efeito do factor de sustentabilidade. Este factor reduz o valor das reformas em função do aumento da esperança média de vida (EMV) aos 65 anos. Para compensar este corte, os trabalhadores têm duas alternativas: ou trabalham mais tempo ou fazem descontos adicionais para fundos de pensões (públicos ou privados). A primeira opção deverá ser a mais frequente.

Mas quanto é que precisam de trabalhar a mais para anular o corte nas pensões? Não há uma resposta definitiva a esta pergunta, variando caso a caso. Além disso, responder a esta questão obriga a assumir pressupostos relacionados com a evolução da esperança de vida que poderão não se concretizar. Mas não existe outra forma de fazer estas pro- jecções.

Como vai ser este ano...

O Governo divulgou recentemente o efeito do factor de sustentabilidade em 2008, o seu primeiro ano de aplicação: as pensões vão sofrer um corte de 0,56%, motivado pelo aumento da EMV aos 65 anos de 17,89, em 2006, para 17,99 anos, em 2007. Assim, os trabalhadores que tencionem reformar-se este ano (funcionários públicos incluídos) vão ter de trabalhar mais algum tempo além dos 65 anos. Quanto? Depende da sua carreira contributiva, pois a taxa de bonificação por cada mês adicional de trabalho varia em funções disso.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
0Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Aumento de capital é suficiente para resolver crise no BES?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper