Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Diferendo

Fronteira marítima entre Chile e Peru nos tribunais

por Susana Salvador, com AFP  

O Tribunal Internacional de Justiça inicia hoje uma série de audiências para ouvir os argumentos do Chile e do Peru em relação a um diferendo sobre as fronteiras marítimas entre os dois países.

Lima recorreu ao tribunal em janeiro de 2008, para reclamar a soberania de parte do oceano Pacífico (cerca de 40 mil quilómetros quadrados) atualmente sob controlo chileno.

O diferendo remonta à guerra do Pacífico (1879-1883), que foi ganha pelo Chile. O Peru perdeu 25% do seu território e a Bolívia perdeu o acesso ao mar. La Paz enviou os seus representantes às audiências, com o objetivo de determinar as consequências para a sua pretensão de voltar a ter um acesso ao Pacífico.

O Chile assegura que a fronteira marítima com o Peru foi estabelecida pelos tratados de 1952 e 1954, referentes às zonas de pesca. Contudo, o Peru, defende que a fronteira deve ser traçada tendo em conta as convenções da ONU sobre o mar, referente a uma linha equidistante da fronteira terrestre e não uma linha paralela à do equador.

O mais alto órgão judicial das Nações Unidas terá audiências até 14 de dezembro, começando o Peru a expor os seus argumentos hoje a partir das 14.00. O Chile deverá tomar a palavra na quinta e na sexta-feira. Na próxima semana, haverá direito a uma nova ronda de argumentos. A decisão do tribunal só é esperad adentro de alguns meses.

O Presidente chileno, Sebastián Piñera, e o seu homólogo peruano, Ollanta Humala, referiram em várias ocasiões que irão respeitar a decisão do tribunal. Isto numa altura em que a Colômbia decidiu não reconhecer a competência do tribunal em relação a questões de limites territoriais, após uma decisão desfavorável num diferendo com a Nicarágua em relação a parte das suas águas territoriais.


Patrocínio
 
2094Visualizações
2Impressões
1 Comentário
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Governo devia fiscalizar empresas que contratam enfermeiros abaixo da tabela?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper