Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


EUA

Banqueiro recebe 104 milhões por delatar clientes

por Leonor Mateus Ferreira  

O ex-banqueiro Bradley Birkenfeld, acabou de sair da prisão e foi congratulado com 104 milhões dólares (cerca de 81 milhões euros) por denunciar um esquema de evasão fiscal, nos EUA. Este é o maior valor já atribuído num caso do género.

Birkenfeld cumpriu dois anos e meio de prisão por conspirar em crimes de evasão fiscal e agora que saiu, o Departamento do Tesouro fez dele milionário. O ex-banqueiro está em liberdade desde o mês passado.

"O Internal Revenue Service acredita que o estatuto denunciante forneceu uma ferramenta valiosa para combater a fuga fiscal, e este prémio reflete o nosso compromisso com a lei" afirmou Michele Eldridge, porta voz do Departamento do Tesouro à edição online do canal americano CBS.

O governo norte americano recuperou 5 mil milhões de dólares. Relacionado com o mesmo caso, o banco Swiss UBS AG pagou, em 2009, uma multa de 780 milhões de dólares e aceitou revelar centenas de nomes de suspeitos de evasão fiscal.


Patrocínio
 
2902Visualizações
0Impressões
10Comentários
3Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Coleção DN 150 anos - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN (Pintura) (22-24Nov)



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Como classifica a atuação da justiça portuguesa nos últimos meses?

Muito boa
Boa
Média

Muito má
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper