Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Marikana

Lonmin diz que um quarto dos mineiros foi trabalhar

por Patrícia Viegas com AFP  

Mineiros a protestar junto à mina de Marikana na semana passada
Mineiros a protestar junto à mina de Marikana na semana passada Fotografia © Reuters

Um em cada quatro mineiros da mina de platina de Marikana, na África do Sul, foram trabalhar hoje de manhã, informou a Lonmin, empresa exploradora, citada pela AFP.

Segundo a Lonmin, 27% dos trabalhadores do turno da manhã foram trabalhar. No entanto, cerca de um milhar de homens reagrupou-se, recusando-se a regressar ao trabalho, apesar do ultimato da empresa, que ameaçou despedir todos aqueles que não se apresentassem hoje ao trabalho.

Os dirigentes sindicais, por seu lado, reuniram-se para decidir o caminho a seguir, numa mina que emprega quase 30 mil pessoas. E na qual 34 mineiros grevistas foram mortos a tiro pela polícia na quinta-feira.O incidente chocou a África do Sul.

"Eles podem fazer o que quiserem. Nós não voltaremos ao trabalho. [Jacob] Zuma [o Presidente sul-africano] deve fechar esta mina", disse um dos mineiros aos seus colegas, segundo constatou no terreno a reportagem da AFP.


Patrocínio
 
2459Visualizações
0Impressões
4Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Coleção DN 150 anos - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN (Limpeza) (19-21Nov)



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a reposição das subvenções vitalícias dos políticos?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper