Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Estados Unidos

Romney confunde "sikh" e "sheik"

por Sofia Fonseca  

Romney confunde "sikh" e "sheik"
Fotografia © REUTERS/Jessica Rinaldi

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos baralhou as duas palavras durante uma angariação de fundos, na terça-feira, em que deu as condolências às famílias das vítimas do tiroteio.

Mitt Romney referiu-se ao "templo sheik" quando deveria de ter falado no "templo sikh". Ou seja, o candidato trocou a palavra que descreve os líderes religiosos ou políticos a nível local no mundo árabe com a palavra que refere os fieis da religião sikh, a quinta maior do mundo.

O candidato estava numa angariação de fundos, no Iowa, na terça-feira à noite, quando cometeu esta gaffe. Pediu um momento de silêncio por aqueles que perderam a vida no templo 'sheik' e afirmou que os 'sheiks' são pessoas pacíficas e afectuosas. Durante a tarde, Romney já se havia referido ao tiroteio no tempo sikh, em que morreram sete pessoas, entre elas o atirador, mas aplicara a palavra corretamente.

O porta-voz de Romney, Rick Groka, já veio dizer que o ex-governador do Massachusetts pronunciou mal duas palavras semelhantes e que não pretendia ofender os sikhs.


Patrocínio
 
2745Visualizações
0Impressões
10Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a prova de avaliação aos professores?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper