Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Crise na Zona Euro

MNE alemão considera perigoso o tom do debate na UE

por Texto da Agência Lusa, publicado por Patrícia Viegas  

O ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Guido Westerwelle, apelou hoje a uma maior moderação na controvérsia europeia em torno da crise das dívidas soberanas, considerando "muito perigoso" o tom do debate.

"O tom do debate europeu é muito perigoso e temos de ter atenção para não destruir a Europa com palavras", advertiu hoje, em Berlim, o político liberal.

Westerwelle sublinhou ainda que a situação na Europa "é muito séria, e está muita coisa em jogo", rejeitando tentativas de alguns políticos, "incluindo na Alemanha", de aproveitar a crise para obter vantagens a nível interno.

"Não podemos pautar a nossa ação por tentativas de ganhar perfil a nível interno, em nenhum país da Europa, incluindo a Alemanha", vincou o chefe da diplomacia germânica.

Westerwelle criticou, no entanto, declarações do primeiro-ministro italiano, Mario Monti, ao semanário Der Spiegel, em que sugeriu que os governos europeus sejam mais autónomos face aos parlamentos.

"O controlo parlamentar das políticas europeias está para além de todas as discussões, precisamos de reforçar a legitimação democrática, e não de a enfraquecer", advertiu o MNE alemão.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
3097Visualizações
4Impressões
23Comentários
1Envio
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Coleção DN 150 anos - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN (Remodelação) (25-26Nov))



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a aplicação de prisão preventiva a José Sócrates?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper