Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Conflito

Julho foi o mês mais mortífero na Síria

por Lusa, publicado por Helena Tecedeiro  

Julho foi o mês mais mortífero na Síria
Fotografia © REUTERS/Goran Tomasevic

Julho foi o mês com maior número de mortos na Síria desde o início da revolta no país em março em 2011, afirmou hoje Rami Abdel Rahmane, chefe do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Em julho, pelo menos 4.239 pessoas morreram no país", afirmou Rahmane. As vítimas mortais incluem 3.001 civis (incluindo os que se armaram), 1.133 soldados e 105 desertores.

O segundo mês com maior número de mortos resultantes da violência foi junho, com 2.917 vítimas mortais. "A cada mês, o balanço não para de se agravar", precisou.

A título de exemplo, de 12 de abril a 12 de maio, ou seja no início da missão de observadores da ONU, o número de mortos caiu para 989.

O conflito tornou-se mais violento com os combates em Damasco e Alepo, as duas principais cidades do país.

No total, pelo menos 21.053 pessoas morreram desde o início do conflito.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
1875Visualizações
1 Impressão
41Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 


PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Btn EdMultimedia - Geral
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Concorda com a decisão de António Costa de antecipar a renúncia ao mandato na Câmara de Lisboa?

Sim

Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper