Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Laszlo Csatary

Nazi húngaro ficou em prisão domiciliária

por Lusa, texto publicado por Isaltina Padrão  

Laszlo Csatary hoje à saída do tribunal em Budapeste
Laszlo Csatary hoje à saída do tribunal em Budapeste Fotografia © REUTERS/Laszlo Balogh

O criminoso de guerra nazi húngaro Laszlo Csatary, 97 anos, vai ficar sob regime de prisão domiciliária depois de ter sido acusado de crimes de guerra pelo Tribunal Militar da Hungria.

Csatary, "foi acusado de colaboração na organização da deportação de 15.700 judeus húngaros para o complexo de Auschwitz, na Polónia, entre 1941 e 1944", durante a Segunda Guerra Mundial, disse à agência AFP o advogado de defesa, Gabor Horvath, adiantando que Laszlo Csatary já se declarou "não culpado" dos crimes de que é acusado.

A ordem do juiz do tribunal militar determina que Csatary fica sob regime de prisão domiciliária durante os próximos 30 dias, com o passaporte apreendido.

Para o Centro Simon Wiesenthal, organização judaica que investiga e localiza criminosos de guerra nazis desde a Segunda Guerra Mundial, Csatary é atualmente um dos homens mais procurados por crimes de guerra em todo o mundo.

O advogado de Csatary, não revelou à imprensa a localização da residência do suspeito que foi presenteao Tribunal Militar de Budapeste e posteriormente conduzido a casa.

" saída do edifício do tribunal, Csatary vestia um fato cinzento, transportava um saco de plástico numa das mãos e, apesar da idade, apresentava-se em boa forma física, de acordo com o jornalista da AFP no local.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
1710Visualizações
1 Impressão
13Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Continente UVA D'OURO 2014 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Acha que a Guiné Equatorial devia fazer parte da CPLP?

Sim
Não
Só se adotar o português como língua principal
Só depois de dar garantias de que respeita os direitos humanos
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper