Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Síria

Exército Sírio Livre reivindica atentado de Damasco

 

O Exército Sírio Livre reivindicou hoje o atentado em Damasco que matou o ministro e o vice-ministro da Defesa da Síria.

"O comando do Exército Livre da Síria (...) anuncia (...) o êxito da operação notável desta manhã que visou a sede da Segurança Nacional, em Damasco, e matou vários pilares do grupo de Assad responsáveis por massacres bárbaros", afirma o comunicado, enviado por correio eletrónico à agência France Presse.

O Exército Sírio Livre é formado por desertores das forças do regime e civis armados.

O ataque, perpetrado hoje por um bombista suicida no edifício da Segurança Nacional, no centro da capital síria, matou o ministro da Defesa, Daud Rajha, e o vice-ministro da Defesa e cunhado do presidente Bashar al-Assad, Assef Shawkat, segundo a televisão estatal síria.

Vários altos responsáveis ficaram feridos no ataque, incluindo o ministro do Interior, Mohamed Shaar, o chefe da Segurança Nacional, Hisham Ikhtiar, e um adjunto do vice-presidente, Hassan Turkmeni, segundo fontes da segurança citadas por agências internacionais.


Patrocínio
 
1424Visualizações
0Impressões
3Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB

Especiais

Recuar
Avançar
Coleção DN 150 anos - DN Destaque
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN (Remodelação) (25-26Nov))



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Detenção de José Sócrates vai prejudicar ação política do PS de António Costa?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper